O #São Paulo decidiu demitir, nesta quarta-feira (23), o treinador Ricardo Gomes do comando técnico da equipe. Para o seu lugar, o nome mais cotado nos bastidores no tricolor é o do ex-goleiro e ídolo da torcida, Rogério Ceni.

Desde que se aposentou, o ex-camisa 1 do São Paulo, ciente de que tem portas abertas para dirigir o time profissional do clube, iniciou uma verdadeira saga para aperfeiçoar-se na profissão de técnico de #Futebol tendo, inclusive, feito estágios com o famigerado treinador do Sevilla, o argentino Jorge Sampaoli, e com o colombiano Juan Carlos Osorio, de quem foi subordinado nos tempos em que o atual técnico da seleção do México dirigia o tricolor.

Publicidade
Publicidade

Antes, viajou para a capital Londres onde participou de um curso direcionado a treinadores da Associação de Futebol da Inglaterra.

Em agosto deste ano, após a saída de Edgardo Bauza, Carlos Augusto de Barros e Silva, o Leco, chegou a dizer, em mais de uma oportunidade, que o ídolo do São Paulo tinha chances claras de assumir o comando técnico da equipe em 2017 com a saída de Ricardo Gomes. Para ele, sua presença é demasiadamente benéfica ao clube por conta de sua seriedade profissional, dedicação e obstinação.

Renomadas equipes do chamado Velho Continente receberam a visita do "M1T0" em seu período de estudos e ele teve encontros com grandes nomes na profissão como Cláudio Ranieri, atual campeão da Premier League, à frente do Leicester, e Jurgen Klopp, do Liverpool.

Apesar de ter apoio maciço de toda a torcida do São Paulo, maioria de conselheiros e dirigentes, Rogério Ceni poderá não agradar parte dos jogadores por seu perfil autoritário.

Publicidade

Entretanto, poderá contar com o apoio do veterano Lugano que já declarou que Ceni tem as condições ideais para dirigir o elenco profissional sem precisar, para isso, ter de treinar, primeiro, a base do time do São Paulo.

Sem Rogério Ceni e nem Ricardo Gomes, o auxiliar Pintado assumirá o comando nas duas últimas rodadas do São Paulo no Brasileirão: contra o Atlético-MG e Santa Cruz. #PaixãoPorFutebol