O empate de 1 a 1 diante o Atlético-PR, em um Maracanã recebendo um público superior a 43 mil pagantes, fez crescer ainda mais a revolta dos torcedores do Fluminense com o atual elenco do time carioca. Por intermédio das redes sociais, vários tricolores citavam lances do jogo ocorrido na tarde da última terça e pediam mudanças por parte da diretoria que virá depois das eleições presidenciais do clube, marcada para o próximo dia 26 de novembro, nas Laranjeiras.

"Marcão disse que não faltou empenho dos jogadores. Gum se empenhou para fazer gol contra e William Matheus para fazer pênalti. O segundo conseguiu", postou, no Twitter, Silvio Junior, tendo coro, na mesma ferramenta, em Matheus Duque.

Publicidade
Publicidade

"Como o time pode frustrar uma torcida dessas? A coisa mais linda do mundo! Maracanã lotado! Espetacular! Esse time não nos merece", resumiu.

Com o tropeço em casa, o Flu atingiu a incômoda marca de sete partidas seguidas sem vencer na temporada e, somando 49 pontos, ocupa o oitavo lugar na classificação, mas pode ser ultrapassado pelo Grêmio, que ainda atua pela 35ª rodada do #Campeonato Brasileiro (quinta, às 19h30 de Brasília, no Morumbi, contra o São Paulo). Além disso, caso o Corinthians derrote o Figueirense no Orlando Scarpelli, em partida que acontece nesta quarta, às 21h45 (de Brasília), o Tricolor ficará mais distante de uma das seis vagas para a Taça Libertadores da América do ano que vem.

Sem tempo para lamentações e buscando reencontrar o caminho das vitórias, o #Fluminense volta a campo no domingo que vem, a partir das 17h (de Brasília).

Publicidade

No Moisés Lucarelli, em Campinas, enfrentará a Ponte Preta. Para esse compromisso, o técnico interino Marcão não contará com um dos poucos destaques da equipe no momento: o atacante Wellington, suspenso pelo terceiro cartão amarelo. Richarlison deve ser o seu substituto. Outra possível alteração é a saída de Marquinho, que não atuou bem contra o Atlético-PR. Nesse caso, o esquema 4-5-1 pode ser mantido com a simples entrada de Douglas ou alterado para um sistema mais ofensivo com a entrada de Marcos Júnior ou Henrique Dourado. #PaixãoPorFutebol