O final de semana foi especial no #Esporte mundial.

No tênis e na Fórmula 1, tivemos campeões inéditos enquanto que no futebol brasileiro um time voltou a erguer o troféu do principal torneio do país após 22 anos.

Todas as campanhas têm em comum o fato de o título ser o resultado de uma temporada brilhantes feita pelos campeões em seus respectivos ramos de atuação.

A começar pelo inédito título da Copa Davis de tênis pela Argentina. Nossos hermanos já tinham quatro vices mas nunca tiinha tido o prazer de levantar o troféu. Tabu quebrado na Croácia contra os donos da casa e mais um show de Juan Martin del Potro.

O tenista argentino ficou muito tempo parado por causa de gravas lesões nos punhos e não sabia se voltaria a jogar em alto nível.

Publicidade
Publicidade

Pois a temporada 2016 dele mostrou que ele está de volta e jogando demais. Teve um belo ano sendo os principais resultados na olimpíada, onde conquistou a medalha de prata e vencendo Djokovic, então número 1 do ranking, no jogo de estréia.

Ontem, num jogo de 5 horas de duração, "Delpo", como é conhecido pelos argentinos, teve mais uma atuação fenomenal, mostrou a raça e o talento que lhes são peculiares e virou a partida contra Marin Cilic na qual perdia por 2 a 0 e venceu por 3 sets a 2.

Esse triunfo empatou o duelo entre croatas e argentinos em 2 a 2 e na quinta e decisiva partida, Federico Delbonis não teve trabalho para bater Ivo Karlovic e levar o título inédito da Copa Davis para a Argentina. Sacramentando e premiando a brilhante temporada de Del Potro. Festa para os vários argentinos que lotaram a arena na Croácia.

Publicidade

Outro campeão inédito do dia foi Nico Rosberg na Fórmula 1. Ele chegou em segundo lugar no GP de Abu Dhabi vencido pelo seu concorrente de equipe e rival também pelo título da temporada, Lewis Hamilton.

O alemão só precisava de um terceiro lugar para repetir o feito do pai Keke Rosberg em 1982 e levantar o caneco dessa temporada. Nico venceu 9 das 21 corridas e foi mais constante e regular que o inglês vencedor da prova.

No futebol brasileiro outro título para lá de merecido. O #Palmeiras liderou por 27 rodadas o campeonato brasileiro e após vencer a Chapecoense por 1 a 0, nesse domingo, no seu estádio lotado, pode voltar a gritar campeão e levar o troféu do Brasileirão para casa depois de 22 anos.

A temporada começou ruim com a eliminação precoce da Libertadores, ainda na primeira fase, mas, com a chegada de Cuca, a ascensão de Gabriel Jesus e o amadurecimento de Dudu, o Verdão melhorou muito e com bom elenco, um belo técnico, time consistente e entrosado, fechou a temporada com o título nacional.

Uma coisa que se pode afirmar sem medo é que esse 3 títulos do final de semana têm algo em comum: o merecimento. Pelo que fizeram e mostraram na temporada, essas taças não poderiam estar em melhores e mais justas mãos.

Parabéns a todos os campeões! #campeoes