No início da noite desta sexta, a assessoria de imprensa do Fluminense divulgou uma nova parcial de ingressos para o seu desafio no #Campeonato Brasileiro. Até o momento, mais de 13 mil bilhetes já foram adquiridos pelos torcedores, visando o compromisso da próxima terça, às 17h (de Brasília), no Maracanã, diante do Atlético-PR, válido pela 35ª rodada da competição nacional.

As vendas continuam no sábado, das 10 às 17h (de Brasília). Os associados deverão fazer as suas reservas no Portal do Sócio. Já o chamado torcedor-comum poderá comprar pela internet, através do portal Futebol Card, ou terá que se dirigir a um dos seguintes postos: Maracanã (bilheteria 2), Laranjeiras (sede social do Tricolor), Édson Passos (Giulite Coutinho), Niteroi (Shopping Bay Market), Jacarepaguá (Rioshopping), Tijuca (Loja HSport), São João do Meriti (RVB Sport) e Araruama (Fanáticos).

Publicidade
Publicidade

Com o intuito de encher o Maracanã, a diretoria do #Fluminense unificou o preço dos ingressos em todos os setores do estádio para R$ 20. A expectativa é por um público entre 40 a 50 mil presentes.

Enquanto isso, dentro de campo, Marcão segue trabalhando a equipe. Nesta tarde, o auxiliar-permanente, que foi efetivado até o encerramento de 2016, substituindo Levir Culpi, dirigiu um treinamento tático fechado no CT Pedro Antônio, na Barra da Tijuca. Sendo assim, a escalação oficial do time titular será conhecida apenas momentos antes do início da partida. As boas notícias foram as presenças do goleiro Diego Cavalieri e do atacante Richarlison. Recuperados de lesões, ambos trabalharam normalmente e devem estar à disposição. Outro que poderá atuar é Douglas. O volante foi liberado do segundo amistoso da Seleção Brasileira Sub-20 no México e chega ao Rio na noite de domingo.

Publicidade

Mesmo atravessando um jejum de seis jogos sem vitória, o Fluminense continua na briga por um lugar no G-6 do Campeonato Brasileiro, o que asseguraria presença na Taça Libertadores de 2017. No momento, o Tricolor está na nona posição da Série A com 48 pontos, três a menos do que o atual sexto colocado, curiosamente o próprio Atlético-PR. #PaixãoPorFutebol