Embora focado no fim do torneio nacional o #Palmeiras, provável Campeão Brasileiro de 2016, já se movimenta no mercado da bola, tanto para negociar novas contratações, quanto para repassar algum atleta que não foi, ou não será, inserido nos planos do técnico Cuca.

Nesta segunda-feira (14), a diretoria do Palmeiras negociou com o São Bernardo o empréstimo de um atleta revelado na sua base e que foi vítima de problemas físicos, em 2016, resultando em seu afastamento dos gramados e diminuindo, assim, suas chances de ser utilizado pelo técnico Cuca.

Estamos falando do meia Patrick Vieira, de apenas 24 anos, e cujo vínculo com o Verdão encerra-se em maio de 2018.

Publicidade
Publicidade

Pelo menos na metade da próxima temporada o jogador servirá o São Bernardo, time da região conhecida como ABC paulista, para a disputa do campeonato estadual de 2017.

O motivo de sua ausência em campo, neste ano, foi o tratamento decorrente de uma grave lesão sofrida no joelho esquerdo.

Apesar de fora dos planos do técnico Cuca, Patrick Vieira realizou trabalhos de recondicionamento e, durante sua recuperação, foi acompanhado por profissionais da Academia de Futebol do Verdão.

Após o hiato de um ano todo, o atleta se diz preparado tanto para defender o clube do ABC quanto para retornar e ajudar o Verdão, jogando em nível altamente competitivo, em 2017.

Pelo Palmeiras, ele atuou 39 vezes e balançou as redes em cinco oportunidades. Para voltar a vestir o manto alviverde, Patrick quer apresentar exímias atuações no Paulistão, quando estará vestindo a camisa do São Bernardo.

Publicidade

Resolvida a questão Patrick Vieira, internamente o Palmeiras está tendo de lidar com o assédio de dois grandes clubes europeus sobre Yerry Mina, zagueirão colombiano que chegou no Verdão, por empréstimo, em maio deste ano.

Barcelona, Manchester City e Bayern de Munique especulam as condições contratuais do atleta com seu time, o Santa Cruz, e já estão cientes de que o vínculo do atleta com o Palmeiras prevê sua saída para um clube da Europa mesmo antes do fim do prazo, 2021. #Campeonato Brasileiro #PaixãoPorFutebol