Nos últimos jogos em casa, além dos adversários, o Palmeiras tem se preocupado bastante com as condições do campo de jogo.

Não é de hoje que o gramado do Allianz Parque é considerado um problema, porém, no ano de 2016, a situação se complicou e, por diversas vezes, houve reclamações públicas. Cuca, atual técnico do Verdão, Marcelo Oliveira, ex-treinador da equipe, jogadores como Dudu, o diretor de futebol Alexandre Mattos e até o presidente Paulo Nobre botaram a “boca no trombone” e intimaram a administradora do estádio, a WTorre, a solucionar a situação.

Chegou-se a especular que o Verdão poderia mandar o restante das suas partidas do Campeonato Brasileiro no Pacaembu, e para o futuro, o gramado natural seria substituído por grama sintética.

Publicidade
Publicidade

Nesta sexta-feira, 4 de novembro, a WTorre sinalizou que a situação do campo de jogo deverá melhorar as últimas partidas do #Palmeiras pelo Brasileirão.

A administradora acredita que já neste domingo, 6 de novembro, o Palmeiras enfrentará o Internacional-RS em um gramado com 75% das suas condições ideais.

E o otimismo está baseado no trabalho intensivo realizado no local, já que além do procedimento padrão de recuperação, a WTorre trocou dois pedaços mais danificados. As áreas atingidas foram as do círculo central e a pequena área do Gol Norte.

O que salta aos olhos, mesmo com as melhorias, é que o visual do campo de jogo não é dos melhores, principalmente por causa das próprias trocas de grama, que resultam em colorações diferentes do verde da grama.

A administradora do Allianz Parque acredita que para domingo os jogadores encontrarão um campo melhor nivelado e mais firme do que nas últimas rodadas.

Publicidade

Nas palavras de Alexandre Costa, gerente geral da arena, antes do trabalho realizado nesta semana as condições do campo de jogo estavam em 50%.

A principal razão para o desgaste do gramado são os shows seguidos que aconteceram no estádio. Em 2016 foram realizados oito grandes shows, sendo que em quatro dias aconteceram três grandes espetáculos (duas apresentações de Andrea Bocelli e uma do Aerosmith), o que influenciou diretamente na qualidade do local.

Até o fechamento da temporada do futebol brasileiro, a arena receberá outros dois jogos do Palmeiras em novembro: Botafogo no dia 20 e a Chapecoense uma semana depois. Em contrapartida, e para desespero de Cuca e cia, o estádio receberá dois shows dos ícones do rock Guns N' Roses, nos dias 11 e 12 de novembro. #verdao #$AllianzArena