O técnico Oswaldo de Oliveira continua aproveitando a semana sem partidas para preparar o Corinthians para enfrentar o São Paulo no próximo sábado, 5 de novembro, no estádio do Morumbi, às 19h30 (horário de Brasília), pela 34ª rodada do Brasileirão.

Enquanto o meia Giovanni Augusto retornou aos treinamentos em campo, já que vinha fazendo apenas reforço muscular nos demais dias da semana, Guilherme e Walter continuaram de fora.

Ambos estão entregues ao departamento médico, só que há a previsão que o meia-atante treine na sexta-feira, no último preparativo para o clássico Majestoso. Devido ao seu histórico de contusões, o departamento médico corintiano tem tomado uma série de precauções especiais com Guilherme, como uma série de exercícios de reforço, liberando-o para treinamento geralmente apenas nas vésperas das partidas.

Publicidade
Publicidade

Mesmo com todos os cuidados, o jogador já chegou a desfalcar o time por mais de um mês graças a um desconforto muscular na panturrilha. Porém, Guilherme não enfrentou a Chapecoense pela 33ª rodada pois estava suspenso, após ser expulso no empate em 2 a 2 com o Flamengo, no Maracanã, no dia 23 de outubro.

Outro que pode voltar ao time é Walter, que nesta quinta-feira realizou trabalho à parte com o preparador de goleiros, Mauri Lima. A boa notícia é que o goleiro não mostrou qualquer limitação podendo ser outra novidade na escalação. Lembrando que Walter sentiu um desconforto muscular ainda no primeiro tempo da partida contra a Chapecoense, sendo substituído por Cássio.

Oswaldo cobrou forte marcação

O time titular que Oswaldo Oliveira colocou em campo foi formado por Cássio; Fagner, Vilson, Balbueno e Uendel; Willians, Giovanni Augusto, Rodriguinho e Marlone; Romero.

Publicidade

O volante Camacho treinou no time reserva, evidenciando que Oswaldo pretende reforçar a marcação e proteger mais a zaga.

Com a volta prevista de Guilherme, quem deve perder a posição será Marlone, com Romero sendo deslocado para a linha de meio de campo.

As faltas laterais defensivas e os escanteios receberam atenção especial no treinamento específico, já que a defesa tem falhado e sofrido gols neste tipo de jogada nas últimas rodadas. O técnico também trabalhou a saída rápida da defesa na transição dos contra-ataques puxados por Rodrigo, além de atenção constante na marcação no meio de campo. #Timão #Futebol #Corinthians