Prestes a disputar, na próxima quarta-feira, 30, a partida decisiva da #Copa Sul-Americana (Conmebol), a equipe brasileira da Chapecoense desapareceu nos ares na noite de segunda, 28, após o avião que os levava do Brasil para Medellín, na Colômbia, sofrer um acidente e sumir dos radares da torre de controle.

O avião RJ85, da Lamia, matrícula CP-2933, foi localizado somente horas depois, na região de Cerro Gordo de La Union, na Colômbia, após realizar um pouso de emergência, segundo informações do aeroporto local, José Maria Córdova.

Publicidade
Publicidade

A aeronave transportava ao todo 81 pessoas, sendo 9 tripulantes, e ainda não se sabe o estado das vítimas.

A ausência de combustível está sendo apontada, por enquanto, como a principal causa para o #Acidente. O avião, que além dos jogadores brasileiros também transportava jornalistas esportivos, comissão técnica e passageiros comuns, foi localizado em uma região de difícil acesso, principalmente por conta da forte chuva que castiga a região. De acordo com o site Mioriente haviam, até a madrugada, cerca de 10 feridos, que seriam transportados para os hospitais da região. Via Twitter, o portal também divulgou que o avião ficou completamente destruído e que ainda não é conhecido o número de mortos.

Equipe de resgate

Diante do ocorrido, equipes médicas de toda a região se mobilizam e se preparam para atender os feridos.

Publicidade

A Força Aérea Colombiana também colocou à disposição seus helicópteros para auxiliarem nas buscas, que devem acontecer durante toda a terça-feira, 29. Mais de 30 unidades da Polícia, bem como grupos da Cruz Vermelha e Bombeiros chegam ao local para resgatar os feridos. Agora, o que se pede, é que somente os grupos voltados ao resgate estejam no local, para que a operação seja bem conduzida e as vítimas sejam logo resgatadas

O Chapecoense enfrentaria o Atlético Nacional nesta quarta, 30, em busca de um título inédito para o clube. Após sair do Brasil, o avião fez escala em Santa Cruz de La Sierra, na Bolívia, e de lá tinha como destino chegar em Medellín. #Futebol