Em tempos de preocupação com o meio ambiente, preservação da natureza e conservação dos recursos naturais os ingleses estão dando um passo importante. O futebol da Inglaterra está em vias de construir o primeiro estádio totalmente de madeira do Continente Europeu. Não abrigará o Manchester City, Manchester United, Chelsea ou quaisquer gigantes ingleses da milionária Premiere League. 

A iniciativa é do modesto #Forest Green Rovers que atualmente disputa a quinta divisão do futebol inglês. A empresa de Arquitetura, Zaha Hadid, autora do projeto espera ser um "coliseu" construído de madeira. Essa empresa também está trabalhando em cinco estádios de futebol que servirão de sede para partidas na Copa do Mundo do Catar em 2020.

Publicidade
Publicidade

Após concluído o novo estádio do Forest Green, os torcedores ficarão a cinco metros do campo de jogo. Os assentos foram projetados para fornecer uma ampla visão de qualquer ângulo do gramado. 

O inovador estádio se chamará The New Lawn e será 100% auto-sustentável unindo a ideia de esporte com ecologia, Os torcedores dos "diabos verdes" como é conhecido o Forest Green foram consultados a respeito da construção do novo estádio e aprovaram a ideia. Não por coincidência o acionista majoritário do clube inglês é proprietário de uma empresa que se dedica a esse tipo de negócio. Além de funcionar como um estádio de futebol e abrigar milhares de torcedores, o The New Lawn funcionará também como um parque tecnológico devendo gerar cerca de quatro mil empregos. O custo da construção do novo estádio do Forest Green deverá girar em torno de 100 milhões de libras. 

Tomara esse projeto pudesse inspirar outros clubes de futebol ao redor do mundo, principalmente no Brasil onde foram investidos bilhões de reais para a construção de estádios que deveriam ser modernos, mas que em menos de três anos após sua construção já apresentam vários problemas de infraestrutura.

Publicidade

O Estádio do Corinthians é um exemplo mais próximo, pois mesmo construído com milhões de verbas públicas, na última terça-feira foi constatado que existe um vazamento de milhões de litros de água que pode comprometer a estrutura do estádio. 

  #Estádio de madeira #Futebol Internacional