O zagueiro do Chapecoense Hélio Hermito Zampier Neto, mais conhecido por Neto, de 31 anos, foi encontrado agora pela manhã, com vida. Ele estava no avião que caiu na Colômbia juntamente com a delegação do Chapecoense e alguns profissionais da imprensa e convidados.

Ainda não há informações sobre o estado de saúde de Neto, que já aparecia nas listas extra-oficiais de vítimas onde cerca de 76 pessoas são dadas como mortas sendo: 21 jogadores, 18 membros da comissão técnica, 8 membros da diretoria, 3 convidados, sendo eles Delfim Peixoto Filho que é presidente da Federação Catarinense de #Futebol, 21 jornalistas e comentaristas da Fox, RBS e Globo Esporte.

Publicidade
Publicidade

Mário Sérgio é que é ex-técnico e ex-jogador de futebol estava no voo e aparece na lista de vítimas - que não é oficial.

Sobreviventes resgatados

Até o momento, Neto foi o sétimo sobrevivente resgatado. Dos 6 primeiros, 1 não resistiu aos ferimentos e não teve seu nome divulgado.

Os demais são os goleiros Follmann e Danilo, o lateral Alan Ruschell, além de Rafael Henzel Valmorbida que é jornalista e Ximena Suárez Otterburg que integrava a tripulação como comissária de bordo.

A aeronave que teria caído as 1h15 do horário de Brasília, teve seus primeiros sobreviventes resgatados por volta das 4 da manhã.

A imprensa Colombiana afirmou que gemidos foram ouvidos por volta das 4h20, onde Neto foi resgatado porém em virtude dos escombros, o resgate conseguiu retirá-lo somente pela manhã.

Não há informações sobre o estado de saúde de Neto até o momento.

Publicidade

Frota alterada pela ANAC

O voo que levaria a equipe, comissão técnica e imprensa foi alterado pouco tempo antes sendo que havia sido contratada uma empresa da Venezuela para realizar o trajeto sendo que a mesma foi vetada pela ANAC que exigiu que a companhia fosse Colombiana ou Brasileira. O voo acabou decolando 3 horas depois do pretendido.

A aeronave que voa há cerca de 17 anos sofreu uma pane elétrica e os pilotos chegaram a esvaziar os tanques de combustível para evitar que ela pegasse fogo. #Tragédia #Acidente