O Ministério Público da Espanha ordenou dois anos de prisão ao jogador brasileiro #Neymar Jr. por uma fraude em sua transferência, em 2013, do Santos para o Barcelona, atual time do craque brasileiro. Além dos anos que pode ser preso, a promotoria pede o pagamento de uma multa de 10 milhões de euros.

Além de Neymar, Sandro Rosell, presidente do Barcelona na época da transferência, foi condenado à prisão por corrupção e fraude na assinatura de contrato do atacante com o fundo de investimento DIS, dono de 40% dos direitos do atleta e que se sente prejudicado após as negociações, e deve pegar cinco anos de detenção.

Caso o processo seja aceito pelo juiz, o julgamento do jogador deve acontecer apenas no próximo ano, pois não existe uma data concreta.

Publicidade
Publicidade

O caso vem assustando os fãs.

Nesta quarta (23), a DIS apresentou sua peça para a acusação, onde pede a prisão de todos os envolvidos no caso, como Neymar, Neymar pai, a mãe do jogador e Odilio Rodrigues, ex-presidente do Santos. O fundo de investimento alega que a família do atacante catalão agiu de forma corrupta e cobra indenização por parte do Barcelona.

A assessoria de imprensa de Neymar foi procurada e revelou que o brasileiro segue tranquilo em relação ao caso, já que 'as negociações foram realizadas de forma correta, com consentimento do Santos Futebol Clube e do #FC Barcelona'.

Neymar entra em campo pela UEFA Champions League nesta quarta-feira para defender as cores do Barcelona contra a equipe do Celtic em mais uma rodada da fase de grupos da competição. Na primeira partida entre os times o time escocês foi massacrado pelo espanhol por um placar de 7 à 0.

Publicidade

O Barcelona busca a vitória para carimbar de vez a classificação para a fase de oitavas de final da Liga dos Campeões.

Neymar devia estar ultimamente feliz, já que vem mantendo uma boa fase pela Seleção Brasileira nas Eliminatórias da Copa do Mundo de 2018 e pela indicação ao prêmio Puskás, que escolhe o gol mais bonito do ano, pelo gol contra o Valência no Campeonato Espanhol 2015/2016. #NeymarPreso