O empate de 2 a 2 entre Cruzeiro e Santos neste domingo, 20 de novembro, no Mineirão, deixou uma sensação estranha para os jogadores e torcedores do #Peixe.

Enquanto o Alvinegro viu suas chances de ser campeão tornarem-se praticamente impossíveis, pois o Palmeiras precisa de apenas um ponto em duas partidas para levantar a taça, também não se pode negar que a classificação garantida para a fase de grupos da Libertadores da América em 2017 é um feito a ser comemorado.

O Santos é o segundo colocado, com 68 pontos, seguido pelo Flamengo, com 67. Já o quarto colocado, o Atlético-MG, soma 62 pontos. Nesta rodada, o Galo empatou em 3 a 3 com o Santa Cruz, em Recife.

Publicidade
Publicidade

Serão disputados ainda seis pontos, ou seja, duas rodadas, porém, nos critérios de desempate principal – que é o número de vitórias, o Galo tem apenas 17 e não pode mais alcançar o Santos, pois o time paulista já soma 21 vitórias.

Desta forma, o Peixe já garantiu pelo menos a terceira colocação. De acordo com o regulamento da Taça Libertadores em 2017, o Brasil terá direito a quatro vagas diretas para a fase de grupos que serão oferecidas ao campeão, ao vice e ao terceiro colocado do Campeonato Brasileiro, além do campeão da Copa do Brasil.

Retorno à competição

A última vez que o Santos disputou o principal torneio sul-americano foi em 2012, sendo eliminado nas semifinais pelo Corinthians, que conquistaria o título posteriormente. No total, o clube disputou 12 vezes a competição, conquistando o título em três oportunidades.

Publicidade

Em 2011, sob o comando de Muricy Ramalho, o elenco santista contava com nomes de destaque como Neymar, Paulo Henrique Ganso, Edu Dracena, Arouca, Léo, entre outros. O bicampeonato em 1962 e 1963, com o fantástico time formado por grandes craques como o goleiro Gilmar, o zagueiro Mauro Ramos, o meio-campista Zito, o craque Pelé e os atacantes Coutinho e Pepe, entre outros.

Passou perto em 2003, quando ficou com o vice-campeonato ao ser derrotado pelo Boca Juniors-ARG por 2 a 0 na La Bambonera, na Argentina, e por 3 a 1 em pleno Estádio do Morumbi, no Brasil. #SantosFC #LibertadoresdaAmérica