Efetivado como treinador até o restante do #Campeonato Brasileiro, Marcão fará a sua estréia à frente do #Fluminense na próxima terça, a partir das 17h (de Brasília), no Maracanã, contra o Atlético-PR. De antemão, o ex-volante e auxiliar-permanente do próprio Tricolor já avisou que só divulgará a escalação oficial do time momentos antes do início da partida de abertura da rodada de número 35 da competição.

"Não vou dar a escalação. Aí, você me complica (risos). Deixa eles trabalharem. Temos que deixar todo mundo com ritmo de jogo e feliz", declarou o agora comandante em entrevista concedida após o treino da última quarta, no CT Pedro Antônio, na Barra da Tijuca.

Publicidade
Publicidade

Em relação ao compromisso anterior (derrota de 4 a 2 para o Cruzeiro, no Mineirão), o Flu, além do já garantido retorno de Pierre, que cumpriu suspensão pelo terceiro cartão amarelo, pode sofrer outras três mudanças. No gol, Diego Cavalirei, recuperado de um estiramento muscular, tem chances de reassumir o posto na vaga de Júlio César. Outra possibilidade de alteração é a entrada de Marquinhos no meio-campo. Para finalizar, Magno Alves, com a dúvida da presença de Richarlison (edema na coxa direita, proveniente de uma pancada), pode formar dupla com Wellington.

Sem ganhar há seis jogos, o Fluminense despencou do quarto para o nono lugar no Brasileirão. Mesmo assim, a agremiação das Laranjeiras continua firme na luta por uma vaga na Taça Libertadores da América, uma vez que, com 48 pontos, está somente a três pontos do sexto colocado, último a estar garantido no torneio continental, por coincidência, o Atlético-PR.

Publicidade

Diante disso, a partida contra o Furacão é um verdadeiro confronto direto para o Tricolor.

Buscando contar com a presença de sua torcida em grande número nas arquibancadas , a diretoria do Fluminense fez uma promoção, abaixando os preços dos ingressos para R$ 20 em todos os setores do Maracanã. As vendas das entradas começaram nesta quinta, às 10h (de Brasília) e a expectativa é por um público superior a 50 mil pessoas #PaixãoPorFutebol