Em 2015, o #Corinthians fez uma campanha histórica no Campeonato Brasileiro, sob o comando de Tite. Foram apenas cinco derrotas em um total de 38 partidas disputadas. Na ocasião, o Timão se tornou campeão com uma vantagem de 12 pontos em relação ao vice-campeão, o Atlético-MG. Contudo, o sucesso trouxe alguns acontecimentos ruins dentro dos bastidores.

Após ser campeão, o Corinthians sofreu um forte desmanche, que vem trazendo complicações até hoje. O clube de Parque São Jorge perdeu vários jogadores entre 2015 e 2016, dentre eles estão: Gil, Felipe, Ralf, Renato Augusto, Jadson, Elias, Malcom, Vágner Love e entre outros.

Publicidade
Publicidade

Para repor as peças perdidas, o presidente Roberto de Andrade fez algumas contratações: Giovanni Augusto, Vílson, Balbuena, Marquinhos Gabriel, Marlone e André. Este ultimo não conseguiu muito sucesso e acabou sendo transferido para o Sporting, de Portugal.

Tentando formar uma nova equipe, o Timão foi pego de surpresa após a Confederação Brasileira de #Futebol (CBF), convidar o técnico Tite para ser o novo comandante da Seleção Canarinha. Para seu lugar, o Corinthians contratou Cristóvão Borges, que não obteve bons resultados e foi demitido com pouco tempo de trabalho. Agora, o clube paulista acertou com Oswaldo de Oliveira, que também não está fazendo um bom trabalho e pode deixar o cargo técnico a qualquer momento.

Ralf e Gil podem estar voltando

Ídolo da torcida corintiana, o volante Ralf pode estar retornando ao futebol brasileiro.

Publicidade

Recentemente, o jogador fez uma visita ao CT Joaquim Grava para rever seus ex-companheiros de equipe. Nesta visita, Ralf cedeu entrevista à "Rádio Bradesco Esportes", e não descartou uma possível volta ao Corinthians.

O volante atua no Beijing Gouan, da China, e tem contrato válido até o final de 2017. Hoje com 32 anos, o jogador ainda é muito idolatrado pela torcida do Timão e revela que no futuro ele poderá voltar a vestir a camisa alvinegra.

Por outro lado, o zagueiro Gil não está vivendo um bom momento no futebol Chinês. Seu atual time é o Shandong Luneng, que não fez uma boa campanha na competição chinesa, terminando apenas na 14ª posição.

A campanha não agradou os dirigentes do clube, que não descarta uma possível reformulação na equipe para 2017. Sendo assim, a chegada de outro zagueiro pode culminar na saída de Gil, que por sua vez, pretende voltar a atuar no Brasil e o Corinthians surge como um dos favoritos. #Mercado da bola