Mais uma vez o Palmeiras deve dar um chapéu nas negociações no mercado da bola sobre o Santos, assim como fez com a contratação de Keno, jogador que estava praticamente acertado com o time da Vila Belmiro. Desta vez, a disputa é pelo meia venezuelano Alejandro Guerra, de 31 anos, jogador do Atlético Nacional-COL.

O time da baixada santista tem como prioridade a contratação do jogador, campeão da edição 2016 da Copa Libertadores, porém, dificuldades financeiras e cofres desprovidos de quantias milionárias estão atrasando os planos do time de Modesto Roma Jr que, para ter o meia em sua equipe, precisa desembolsar a quantia de R$ 7 milhões.

Publicidade
Publicidade

Nesta semana o Santos pretende enviar um dirigente para a Colombia afim de negociar a redução do valor. Entretanto, com o #Palmeiras correndo em paralelo e com dinheiro de sobra em seu caixa, provavelmente Guerra será anunciado, em breve, como o 4º reforço palmeirense contratado para a próxima temporada.

A despedida de Guerra do Atlético Nacional acontecerá no fim do ano, quando o jogador disputará o Mundial de Clubes Fifa pelo Atlético Nacional.

O meia tornou-se destaque do time colombiano e com oito gols marcados no ano, em 30 partidas disputadas, serviu a seleção de seu país e acabou chamando a atenção de outros clubes como Santos e Palmeiras.

Na metade desta temporada o meia foi ofertado à diretoria do Palmeiras que recusou o negócio por considerar alto o valor pedido pelo jogador, algo em torno de R$ 10 milhões. Além disso, o fato de ele ainda estar disputando a Copa Libertadores também atrapalhou as conversas entre os clubes e o estafe do atleta.

Publicidade

Fora do mercado o Palmeiras, líder do #Campeonato Brasileiro de pontos corridos - com 76 pontos, seis à frente do segundo colocado, o Santos - foca suas forças nas duas últimas partidas do torneio, rumo à sua nona conquista do nacional.

No próximo domingo, (27), o time do técnico Cuca vai receber a Chapecoense, no Allianz Parque, às 17h e um simples empate já concederá o título de Campeão Brasileiro 2016 ao elenco Alviverde. #PaixãoPorFutebol