O São Paulo não tem muito mais aspirações no #Campeonato Brasileiro. Após o empate de ontem contra o Grêmio, no Morumbi, a equipe praticamente deu adeus às pretensões de se classificar para a Copa Libertadores. O time foca agora nos reforços para 2017. Em baixa na Inglaterra, o atacante Jonathan Calleri é uma das boas opções no mercado.

Com poucas oportunidades para jogar, o argentino ainda não estufou as redes na terra da rainha e sofre forte pressão da torcida. O atacante foi aproveitado em apenas seis partidas na Premier League.

Além disso, o West Ham faz campanha decepcionante no campeonato inglês e não nem sombra do que foi na temporada passada, quando terminou na sexta colocação e conquistou vaga para a Liga Europa.

Publicidade
Publicidade

Nesta temporada, o clube conquistou apenas 11 pontos em 11 partidas e ocupa a zona de rebaixamento.

Os são-paulinos fazem forte campanha nas redes sociais para o retorno do atacante. Inclusive, o próprio jogador fez um vídeo agradecendo o apoio da torcida, dando uma pista de que uma possível volta do atleta estaria próxima.

O diretor executivo do #São Paulo, Marco Aurélio Cunha, reconhece a necessidade do clube contratar um jogador de referência no ataque, mas considera improvável a possibilidade do retorno do argentino.

Ascensão meteórica no tricolor

#Jonathan Calleri desembarcou no clube do Morumbi no dia 28 de janeiro deste ano. Após pouco mais de seis meses, o contrato de empréstimo do atacante se encerrou e ele deixou a equipe.

A trajetória do argentino no time foi avassaladora. Com 31 jogos e 16 gols marcados, o atacante conquistou rapidamente o carinho dos torcedores do São Paulo.

Publicidade

Não foi só a sua técnica que chamou a atenção, mas também a raça que demonstrava em cada partida.

O atleta foi um dos responsáveis por comandar a campanha do clube até a semifinal da Copa Libertadores deste ano. Por pouco, o atacante não permaneceu mais tempo no tricolor, pois uma clausula previa a extensão de seu contrato caso o clube chegasse até a final da competição continental.