A partida desta quinta-feira (17), deve ter sido a última do São Paulo no estádio Cícero Pompeu de Toledo, o Morumbi. O próximo jogo do clube, em casa, contra o Santa Cruz, vai ser realizado no Pacaembu. Isso porque, no dia 4 de dezembro, a banda de heavy metal Black Sabbath fará a apresentação na cidade da sua última tour, a "The End", com três integrantes da formação original: Ozzy Osbourne, Toni Iommi e Geezer Butler, que se juntam a Tommy Clufetos, que substitui o baterista original Bill Ward, fora da banda desde a gravação do álbum Born Again, de 1983.

Pela 35ª rodada do Brasileirão, o tricolor vai enfrentar o Grêmio e vai se despedir de um dos seus principais atletas na temporada, Rodrigo Caio, de 23 anos, formado no Centro de Formação de Atletas Laudo Natel, em Cotia.

Publicidade
Publicidade

Campeão olímpico com a Seleção Brasileira e convocado para as Eliminatórias da Copa do Mundo de 2018, no mercado internacional o zagueirão teve seu passe valorizado e seguirá para a Europa.

Ele até já recebeu proposta milionária mas recusou, como foi o caso do time Russo Zenit São Petesburgo, que ouviu um "não" do jogador mesmo tendo oferecido R$ 51,5 milhões por seus direitos.

A venda de Rodrigo Caio certamente enriquecerá o baixo saldo que o #São Paulo mantém em seus cofres, atualmente, mas os dirigentes do tricolor veem, ainda, uma possibilidade de renovação do vínculo do atleta, que se encerra em outubro de 2018, com aumento salarial, a fim de segurá-lo até a metade de 2017 e, assim, na primeira janela de transferências internacionais do ano, faturar bem alto com a venda de sua grata promessa da base.

Publicidade

Mesmo tendo atuado pela Seleção Brasileira na vitória do time contra a seleção do Peru, na terça-feira (15), Caio vai jogar ao lado de Maicon nesta quinta-feira.

Outro nome que não deve permanecer no CCT da Barra Funda para a disputa da próxima temporada é o do chileno Mena, lateral esquerdo cujos direitos pertencem ao Cruzeiro que, para renovar o seu empréstimo, pede R$ 5 milhões, valor que o tricolor não pretende desembolsar. #Futebol #São Paulo FC