A aeronave Avro RJ-85, que caiu na madrugada desta terça-feira (29) no interior da Colômbia com toda a delegação e alguns jornalistas, já havia sido utilizada pela seleção argentina em duas ocasiões nesse ano. Messi, Mascherano e companhia utilizaram o avião para virem enfrentar a seleção brasileira em Belo Horizonte e para jogarem contra a Bolívia em San Juan, ambas partidas válidas pelas Eliminatórias da Copa da Rússia 2018.

Segundo um funcionário da Associação de Futebol Argentino (AFA), em entrevista ao jornal LANCE!, os jogadores da seleção reclamaram muito da aeronave. À época da partida contra a Bolívia, foi noticiado que Lionel Messi e Mascherano passaram mal durante a viagem por conta das turbulências.

Publicidade
Publicidade

"Foram voos muito ruins e alguns atletas ficaram assustados.", disse o funcionário.

A própria #Chapecoense já havia viajado na mesma aeronave, quando foi jogar na cidade de Barranquilla, também na Colômbina, pela própria Copa Sul-Americana. A empresa que realizou o voo foi indicada pela Conmebol. #Dentro da política