O Sport Club Corinthians Paulista vive dias de luta. Alías, como outro principal clube paulista, o São Paulo, mas em situação menos complicada na tabela do Brasileirão. As semelhanças entre os dois times estão nos elencos que pouco produziram nesta reta final da temporada 2016.

Do lado corintiano, os problemas extracampo andam tumultuando ainda mais o ambiente: problemas com a falta de recursos financeiros com a ausência de negociações por naming rights, denúncias de que a construção da Arena Itaquera faz parte do esquema de corrupção investigado na Lava Jato e, mais recentemente, a possibilidade de deslizamento de terra do estacionamento do estádio que deve acarretar prejuízos sem precedentes ao clube e à Prefeitura do Município de São Paulo pois, se o incidente ocorrer, poderá bloquear um trecho da Avenida Radial Leste, principal via de acesso na região.

Publicidade
Publicidade

Entre as quatro linhas, o técnico recém contratado Oswaldo de Oliveira quer ter para si um elenco confiável e, por isso, indicou a contratação do palmeirense Gabriel Girotto, com quem trabalhou quando treinou o time de Parque Antarctica.

O planejamento do Corinthians para a temporada 2017, realizado entre a diretoria e Oliveira, prevê a chegada de atletas que devem suprir carências em quase todos os setores, como é o caso da posição de Gabriel, volante.

Aos 24 anos de idade, o jogador viveu uma temporada difícil no Palmeiras desde a era Marcelo Oliveira. Embora tenha iniciado conversas, há dois meses - quando retornou de afastamento por mais uma cirurgia no joelho -, para permanecer no Verdão até 2021, agora, com Cuca, perdeu espaço por conta das tantas opções de qualidade de que dispõe o técnico palmeirense e não deve ficar na Academia de Futebol.

Publicidade

Nesta edição do Brasileirão, Gabriel atuou em apenas cinco partidas e entrou em campo, pela última vez, exatamente contra o Corinthians no dia 17 de setembro.

Os cartolas corintianos já realizaram consultas sobre a situação contratual do volante junto à OTB Sports, agência responsável pela gestão dos direitos econômicos de Gabriel, e da empresa receberam a informação de que a transferência do atleta do Parque Antarctica para o Parque São Jorge é perfeitamente possível.

Registrado no Monte Azul, clube que disputa a Série A-2 do Campeonato Paulista e é usado pela OTB Sports como uma espécie de vitrine onde atletas inscritos são expostos ao mercado, o volante foi emprestado ao #Palmeiras, no início de 2015, por dois anos. Assim, seu vínculo com o provável Campeão Brasileiro 2016 encerra-se em dezembro próximo.

A relação entre Oswaldo de Oliveira e Gabriel é quase de pai para filho. Foi o treinador que revelou o atleta, em 2013, no Botafogo quando o fez substituir o experiente volante Renato.

Publicidade

No Palmeiras, foi usado pelo técnico e se tornou fundamental no torneio estadual de 2015 até a lesão grave que o tirou dos gramados por quase toda aquela temporada.

O Corinthians, que já conta com o retorno de Jô e a chegada de Luidy para a próxima temporada, procura, pelo menos, mais três nomes para reforçar seu elenco e o meia Wagner, do Fluminense, é um deles. #Campeonato Brasileiro #PaixãoPorFutebol