O #Corinthians fez de tudo para não se classificar para a Libertadores. Desta vez, mais um vacilo dentro de casa. O empate na Arena contra o Atlético-PR frustrou os torcedores e deixou para a última rodada a vaga no G-6. Acontece que o jogo era considerado um confronto direto, já que o Furacão estava a um ponto do Alvinegro, que se ganhasse passaria à frente na classificação. Para ajudar, o Botafogo só empatou em casa contra a Ponte Preta, no Rio de Janeiro.

E esta não foi a primeira chance que os clubes concorrentes vacilaram também em seus jogos. Acontece que, apesar disso, o Timão não aproveitou e ao invés de somar pontos preciosos, acumulou apenas tropeços, resultando na revolta do torcedor corintiano.

Publicidade
Publicidade

Na noite de sábado, Oswaldo de Oliveira saiu xingado de campo. A pressão só aumenta no final da temporada e a não classificação para o torneio internacional poderá custar cara o comandante do Timão. Acredito que ele não esteja garantido no clube para 2017.

No entanto, nem tudo está perdido. Mas, ao meu ver, apenas um milagre fará com que o Corinthians se classifique para a Libertadores na última rodada. Primeiro porque ele, obrigatoriamente, precisa vencer o Cruzeiro na última rodada. O jogo será no Mineirão. Quando esteve no estádio pela Copa do Brasil levou quatro gols, saiu derrotado e viu a vaga ir por água abaixo. Com o futebol que está jogando, dificilmente conseguirá sair com a vitória.

Situação

Mesmo, caso consiga, ainda precisar "secar" os rivais Atlético-PR e Botafogo. O Furacão enfrentará o Flamengo dentro da Arena da Baixada, onde conseguiu a maior parte dos pontos no Campeonato #brasileiro.

Publicidade

Além disso, o time carioca não terá mais nenhum objetivo para lutar no torneio. O Botafogo, por sua vez, enfrentará o Grêmio, em Porto Alegre. O tricolor gaúcho, no entanto, jogará com os reservas, já que disputará a final da Copa do Brasil no meio da semana.

A última esperança para salvar o Corinthians seria torcer para que o Atlético-MG consiga uma virada heroica na final contra o Grêmio e conseguir ser campeão. Deste modo, o G-6 se tornaria G-7 e o Timão poderia ser beneficiado, novamente, com a ajuda dos rivais.

Para um clube que pouco fez ao longo da temporada, não boto muita fé. Melhor a diretoria ir se planejamento para trazer reforços e montar um time mais competitivo e que dê alegrias ao torcedor em 2017.