O Palmeiras caminha a passos largos para ser Campeão Brasileiro em 2016. Depois de se reestruturar e conseguir conquistar mais uma Copa do Brasil (em 2015), o Alviverde fez uma excelente campanha até aqui e está muito perto da taça.

Se vencer o Atlético-MG e contar com tropeços de Santos e Flamengo, o título virá contra o Botafogo-RJ. Se por ventura o resultado não for favorável, duas vitórias em casa (os cariocas e a Chapecoense) garantem a conquista.

No fim do mês o clube sofrerá uma grande mudança em sua administração. Paulo Nobre, presidente eleito em 2013 e que foi reeleito, deixará o cargo para Maurício Galiotte, seu atual vice.

Publicidade
Publicidade

Galiotte é candidato único e deve ser confirmado presidente na eleição. A oposição resolveu não mandar nenhum candidato para disputar.

Primeiro ato?

Segundo o jornalista Jorge Nicola, Maurício terá sua primeira atribuição assim que assumir o clube: resolver a situação do volante Arouca. Contratado no início de 2015, o atleta chegou e teve algumas chances. Lesões e falhas técnicas o levaram para o banco de reservas. A última partida disputada foi em 21 de setembro, quando o Alviverde perdeu para o Botafogo-PB. Participou de apenas 2 rodadas do Nacional.

O Santos quer ter Arouca de volta e não quer gastar com isso. O #Palmeiras, por sua vez, exige uma compensação em dinheiro. Ainda segundo o jornalista, o Alviverde pede o que gastou com ele ano passado: R$ 1,5 milhão.

O time do Litoral Paulista passa por uma grave crise financeira.

Publicidade

Fatalmente venderá alguns atletas para fazer caixa e completar o próximo ano. O Palmeiras, por sua vez, promete endurecer no negócio. O Santos disputa o Nacional com o Verdão e já está classificado para a Copa Libertadores 2017. A diretoria não quer municiar rivais e, por isso, promete não facilitar.

Se Arouca quiser realmente sair do clube paulista, o único caminho aberto e viável é o Exterior. Porém não houve propostas e nem conversas. O técnico Cuca, que pensa na sua renovação com o Palmeiras, entende que as chances aparecerão no próximo ano e pediu sua permanência. #Mercado da bola #Futebol