Enquanto os clubes brasileiros suspenderam as atividades por causa do trágico acidente aéreo envolvendo a equipe da Chapecoense, o #Vasco preferiu não esperar passar o período de luto para anunciar seu treinador para a temporada de 2017. A aposta do time carioca será em um velho nome, pois Cristóvão Borges volta a assumir o comando da equipe de São Januário.

Cristóvão passa a comandar o Vasco na vaga de Jorginho, demitido após o término da Série B de 2016. Neste ano, o cruz-maltino conseguiu o retorno à primeira divisão do Campeonato Brasileiro, mas a campanha irregular durante o segundo turno fez o time terminar a disputa na terceira posição.

Publicidade
Publicidade

A apresentação de Cristóvão Borges no Vasco ainda não tem data para acontecer. O clube carioca informou que o dia da primeira sabatina do treinador será divulgado em seu site oficial.

Carreira

Nascido em Salvador, Cristóvão Borges começou a carreira jogando nas categorias de base do Bahia. Também passou por Fluminense, Atlético-PR, Grêmio, Portuguesa e Atlético-MG. Pela seleção brasileira, fez parte da equipe medalha de ouro dos Jogos Pan-Americanos de 1979. Em 1989, esteve no elenco campeão da Copa América.

Iniciou sua carreira como treinador em 1998, como auxiliar do Bangu. Cristóvão também foi auxiliar na seleção brasileira que disputou o Pré-Olímpico de 2004. Naquela oportunidade, iniciou uma parceria com Ricardo Gomes, união que se repetiria em outros clubes.

Também trabalhou em cargos auxiliares no Coritiba e Juventude.

Publicidade

Repetiu a parceria com Ricardo Gomes no Fluminense e no Vasco, até que no dia 28 de agosto de 2011 teve que assumir o cargo de treinador no clube cruz-maltino. Na época, Ricardo Gomes havia sofrido um acidente vascular cerebral enquanto comandava o Vasco durante um jogo contra o Flamengo. Cristóvão levou a equipe de São Januário ao segundo lugar no Campeonato Brasileiro daquele ano e às semifinais da Copa Sul-Americana. A saída do treinador no Vasco aconteceu apenas em setembro de 2012.

Em 2013, Cristóvão Borges teve uma passagem pelo Bahia. No ano seguinte, assumiu o Fluminense e levou o time ao sexto lugar no Campeonato Brasileiro. Comandou o Flamengo em 2015, mas foi demitido após maus resultados. O treinador ainda passou por Atlético-PR e Corinthians, estando desempregado desde setembro deste ano.

A primeira missão de Cristóvão Borges no Vasco será a defesa do título do Campeonato Carioca, pois o clube é o atual campeão da disputa. Se prosseguir no clube em 2017, o treinador terá como objetivo manter o time na primeira divisão do Campeonato Brasileiro. #Futebol #Esportes