A algumas semanas atrás, o holandês foi destaque dos jornais esportivos por ter levado uma cotivelada no olho esquerdo do francês Abdoul Sissoko, no jogo entre Fenerbahçe Akhisar Belediye, em partida válida pela décima rodada do campeonato turco. O choque entre os dois atletas foi tão grande, que rumores diziam que o holandês corria risco de perder a visão do olho lesionado.

Mas apenas 13 dias depois do incidente, Van Persie voltou aos gramados para o clássico contra o Galatasaray e volta a ser notícia nos noticiários.

Neste domingo, a partida foi disputada no estádio Sükrü Saraçoglu, em Istambul e era válida pela 11ª rodada do campeonato nacional, o holandês marcou os dois gols da vitória do seu time.

Publicidade
Publicidade

A vitória levou o Fenerbahçe a terceira colocação na tabela do campeonato com 21 pontos, além de se posicionar na zona de classificação para disputar a próxima Liga Europa.

O Galatasaray que ocupa a 5ª colocação, com 20 pontos, irá receber o Busaspor na próxima sexta feira, 25, enquanto o Fenerbahçe irá até Rize para encarar o Rizespor, no proximo domingo, 27, porém, antes de ir a campo pelo campeonato turco, o Fenerbahçe tem encontro marcado contra o Zorya-UCR, na próxima quinta-feira, às 14 horas, em jogo válido pela Liga Europa.

Da lesão no olho aos gols no clássico

Na última rodada do campeonato turco, que aconteceu no dia 7, Robin Van Persie, poderia ter ercerrado sua carreira de maneira precoce. Pouco depois de abrir o placar por seu time, na vitória por 3 a 1 contra o Akhisar, levou uma cotovelada não incencional do francês Abdul Sissoko no olho esquerdo, Van Persie foi prontamente substituido pelo nigeriano Emmanuel Emenike.

Publicidade

As primeiras avaliações ainda em campo eram assustadoras. O médico do clube disse que o atacante poderia até perder a visão devido às lesões causadas.

Mas duas semanas depois, Robin Van Persie estava de volta a campo, e mostrou que ainda consegue ver muito bem o caminho do gol.

Durante o clássico contra o Galatasaray, em partida valida pela 11ª rodada do campeonato turco, o holandês não deu bobeira e abriu o placar aos 45 minutos do primeiro tempo. Depois do cruzamento de Özbayrakli, o atacante bateu de primeira e mandou a bola no ângulo, tirando todas as chances de defesa para o goleiro uruguaio Muslera. O segundo gol veio aos 33 minutos da segunda etapa. O atacante holandês converteu o pênalti sofrido pelo brasileiro Souza. #Esporte #Futebol #Futebol Internacional