A nova diretoria do #Palmeiras, capitaneada por Maurício Galiotte (presidente eleito para o lugar de Paulo Nobre), está em busca de novos atletas no mercado. O objetivo - e isso não é segredo - é tentar conquistar a Copa Libertadores da América em 2017. O Verdão sagrou-se Campeão em 1999 sob o comando de Luiz Felipe Scolari. Desde o sonho do bi se manteve firme, mas nunca aconteceu.

Com um parceiro forte (Crefisa e FAM), caixa com bastante dinheiro e possibilidade de mais recursos financeiros (principalmente com o programa de sócio-torcedor Avanti), o Alviverde sonha com um time bem reforçado e principalmente com a possibilidade de disputar o Mundial de Clubes no Japão.

Publicidade
Publicidade

Dia de anúncios

A segunda-feira foi especial para o Palmeiras. Dois reforços foram oficialmente anunciados. Raphael Veiga, do Coritiba, foi o primeiro. No começo da tarde o site oficial apontou a nova contratação. Veiga disse em entrevista que 'é palmeirense desde criança' e que está vivendo um grande sonho.

Hyoran, meio campo que era da Chapecoense, também foi anunciado. O jogador divulgou uma carta emocionante onde se despediu dos torcedores de Chapecó, Santa Catarina. A cidade ainda vive uma forte comoção por conta da queda do avião que matou mais de 70 pessoas, entre elas jogadores, diretores, jornalistas e membros da comissão técnica.

Valdívia, do Inter, não deve vim mais

Um dos jogadores que estava no radar palmeirense era Valdivia, do Internacional. Com a queda do Colorado para a Segunda Divisão do #Futebol nacional, Alexandre Mattos, executivo de futebol do clube paulista, achou que teria 'vida fácil' no negócio.

Publicidade

No entanto Jair Peixoto, agente do atleta, garantiu que foi procurado três vezes por Mattos, mas Valdívia só joga no Brasil se for no Internacional. O meio-campista passou por algumas lesões e problemas físicos, mas ainda assim foi um dos alvos do Palmeiras. Peixoto também disse que Valdivia tem propostas de fora do Brasil, mas a intenção dele é continuar no clube gaúcho e voltar para a Série A. #Mercado da bola