O acidente que matou boa parte do time da Chapecoense completou uma semana. A diretoria do time catarinense já está se planejando e buscando formas para continuar. Além de formar uma nova comissão técnica, o clube decidiu que contratará 22 jogadores para a próxima temporada. Além disso, dez jogadores da equipe profissional serão promovidos para a equipe profissional.

O elenco da #Chapecoense ainda deverá contar com alguns jogadores que não viajaram para a Colômbia. Todos serão avaliados pela diretoria para decidir quem fica.

O presidente da CBF Marco Polo Del Nero falou que pretende ajudar a equipe de Chapecó. O mandatário deseja propor que cada clube se desfaça de um atleta, repassando por empréstimo para os catarinenses.

Publicidade
Publicidade

Logo depois da tragédia que envolveu o time da Chapecoense, Corinthians, São Paulo, Palmeiras e Santos se mostraram dispostos a emprestar atletas de forma gratuita, para ajudar a Chapecoense a se reerguer.

Muitas especulações estão surgindo em torno de jogadores que estariam dispostos a atuar pelo Verdão do Oeste, porém segundo Ivan Tozzo, presidente em exercício da Chapecoense, o clube não pretende ter estrelas no elenco do próximo ano, e o clube seguirá o seu critério de contratações.

A Chapecoense poderá disputar até sete competições no próximo ano, sendo elas o Campeonato Catarinense, a Copa do Brasil, a Copa #Libertadores, a Copa Sul-Americana, a Recopa Sul-Americana, a Copa Suruga e o Campeonato Brasileiro.

Na última segunda-feira, a Conmebol declarou oficialmente a Chapecoense como campeã da Sul-Americana 2016.

Publicidade

Com isso, o clube receberá R$ 6,92 milhões como premiação. O time ainda receberá R$ 3,46 milhões por participar da Recopa Sul-Americana 2017, e mais R$ 6,23 milhões por participar de fase de grupos da Libertadores da América.

A folha salarial do clube estava em torno de R$ 2 milhões por mês, com um teto salarial de 90 mil reais, havendo poucas exceções.

Na manhã de hoje (06), o treinador Levir Culpi se ofereceu para treinar a equipe catarinense de graça na próxima temporada, até o fim do campeonato estadual. A diretoria catarinense está avaliando o nome do treinador. #Futebol