Em busca da reformulação do seu elenco, após o trágico acidente que vitimou 71 pessoas, a #Chapecoense acertou mais um reforço. Trata-se do goleiro Elias, de 21 anos, que pertence ao Juventude, de Caxias do Sul, clube que conquistou o acesso para a segunda divisão do Brasileirão em 2016. O acerto foi confirmado nesta terça-feira (20).

O goleiro chega por empréstimo de um ano, com possibilidade de ampliar o vínculo após a temporada de 2017. A opção se dá porque, recentemente, Elias assinou um contrato de renovação com o clube gaúcho até 2018. Como é conhecido na Serra Gaúcha, o arqueiro só sairia para outro clube com a possibilidade de que fosse bem aproveitado.

Publicidade
Publicidade

A tendência é de que Elias assuma a camisa número 1 da Chapecoense, deixada pelo ídolo Danilo.

Em 2016, o juventudista foi destaque na campanha do Alviverde na Série C do Brasileirão. Com o atleta, o Juventude voltou à Série B após sete anos. Um dos momentos marcantes do goleiro no clube foi o jogo do acesso, em que o Juventude empatou em 1 a 1 com o Fortaleza, em pleno Castelão. Elias fez defesas importantes na partida (no vídeo abaixo). O jogador também participou da surpreendente campanha caxiense na Copa do Brasil, em que o Juventude chegou até a fase de quartas de final, sendo eliminado pelo Atlético-MG nos pênaltis.

Reforços

Além de Elias, a Chapecoense confirmou apenas o zagueiro Douglas Grolli como reforço para 2017. Grolli estava na Ponte Preta e é cria da Chape. O jogador foi revelado pelo clube em 2008 e jogou lá até 2011, quando saiu para o Grêmio em 2012.

Publicidade

Em 2014, o zagueiro voltou a jogar no clube catarinense, para depois ser vendido ao Cruzeiro.

Para outros reforços, a Chapecoense encontra dificuldades. Recentemente, o treinador Wagner Mancini reclamou que os clubes brasileiros não estão ajudando, como prometeram após a tragédia. Nessa terça, o diretor-executivo do clube, Rui Costa, engrossou o discurso de Mancini. De acordo com Costa, há clubes no #Futebol brasileiro que ainda acreditam que a Chape tenha dinheiro, sendo que o que acontece é o contrário. A previsão do dirigente é de que o time catarinense precise de mais 23 reforços. #FutebolBrasileiro