Em uma noite de festa na Arena do #Grêmio, onde aconteceria o segundo jogo da final da #Copa do Brasil entre Grêmio e Atlético Mineiro, além de muito futebol, o que não poderia faltar eram homenagens à #Chapecoense, pois era o primeiro jogo que aconteceria no Brasil após a tragédia na Colômbia.

Homenagens

A noite era para homenagear a Chapecoense. Os repórteres e apresentadores da Globo e das outras emissoras que transmitiram a partida, todos vestiam uma camisa verde e do lado esquerdo da camisa havia o símbolo da equipe de Chapecó. Já do lado direito da camisa, tinha um símbolo para homenagear os repórteres e narradores que morreram na tragédia.

Publicidade
Publicidade

As duas torcidas, tanto do Grêmio quanto a do Atlético se uniram, mostrando que no futebol os adversários não são inimigos. A torcida de ambos os times gritava: “Vamos Vamos Chape”

Antes do início da partida

Antes do início da partida teve um minuto de silêncio na Arena do Grêmio, onde um militar se aproximou e começou a tocar a Marcha Sinfônica. Muitos jogadores, membros da comissão técnica e a torcida emocionaram-se, prestando essa bela homenagem a todos que morreram na tragédia na Colômbia.

Em Curitiba

No estádio Couto Pereira, onde aconteceria o segundo jogo da final da Copa Sul-Americana entre Chapecoense e Atlético Nacional da Colômbia, a torcida brasileira encheu o Couto Pereira, para prestar uma última homenagem aos guerreiros que morreram na tragédia. A torcida fez uma camisa do Coritiba em forma de bandeira e colocaram o símbolo da equipe de Chapecó no meio, e deixaram a bandeira durante a noite toda, prestando uma bela homenagem.

Publicidade

O Esporte Interativo publicou em suas redes sociais: “A tragédia com a Chapecoense dilacerou corações ao redor do mundo, mas também mostrou um caminho de paz e amor. Podemos ser mais humanos, podemos ser mais solidários, podemos entender que adversários não são inimigos. Obrigado, guerreiros, por vocês e pra vocês o “mundo do futebol” se tornou um lugar melhor”.

Futuro da Chapecoense

O próximo adversário da Chapecoense pelo Campeonato Brasileiro é o Atlético Mineiro, mas o jogo foi cancelado pela CBF.

A entidade está recebendo vários pedidos para que a Chapecoense não tenha nenhuma chance de ser rebaixada para a segunda divisão durante três anos, para que o clube possa se reerguer com tranquilidade e montar um elenco novo.