Convocados por Rogério Micale na última quarta para a Seleção Brasileira Sub-20 que, a partir do próximo dia 18 de janeiro, disputará, no Equador, o Campeonato Sul-Americano da categoria, o volante Douglas e o atacante Richarlison se tornaram um problema para o #Fluminense. Isso porque os dois jogadores não participarão da pré-temporada do Tricolor nem dos seus primeiros seis jogos em 2017. Diante disso, a busca por reforços aumentou nos bastidores das Laranjeiras.

A diretoria comandada pelo futuro presidente Pedro Abad (assume no próximo dia 20 de dezembro), juntamente com o novo técnico Abel Braga, vem trabalhando em silêncio e a expectativa é de, antes do final de 2016, haver o anúncio de duas a três contratações.

Publicidade
Publicidade

Nomes vêm surgindo constantemente nas redes sociais. Os meias Thiago Neves e Dario Conca, o lateral-esquerdo Carlinhos e os atacantes Diego Tardelli, Téo Gutierrez e Gustavo Bou foram alguns dos especulados dentro dos corredores da sede de Álvaro Chaves. No momento, de concreto apenas os equatorianos Jefferson Orejuela (volante) e Junior Sornoza (apoiador), destaques do Independente Del Valle, atual vice da Taça Libertadores.

Outra pendência a ser resolvida pelo Fluminense é organizar o seu departamento de futebol. Segundo Pedro Abad, Marcelo Teixeira, antes responsável pela base, em Xerém, virá trabalhar no profissional. Já para a função de gerente-executivo, vaga desde a saída de Jorge Macedo, o alvo é Alexandre Mattos, que segue negociando sua permanência no Palmeiras. Vinculado ao Flamengo, Fernando Gonçalves surge como uma segunda opção.

Publicidade

Quem também pode surgir é Alexandre Torres, filho de Carlos Alberto Torres, capitão do tri de 1970 e falecido recentemente. Revelado no próprio Tricolor, o ex-lateral-direito e zagueiro, antes, necessita desvincular-se do Manchester United, da Inglaterra, clube do qual trabalha como colaborador.

Enquanto isso, o Flu se prepara para se despedir da atual temporada. Com 49 pontos e em 12 lugar, a equipe das Laranjeiras, não tendo qualquer pretensão de vaga na Taça Libertadores, mas, pelo menos, garantida na Copa Sul-Americana, tenta acabar com o jejum de nove jogos sem vitória no #Campeonato Brasileiro no domingo que vem, encarando, no Giulite Coutinho, em Édson Passos, região metropolitana do Rio de Janeiro, a partir das 17h (de Brasília), pela última rodada da Série A, o Internacional. #PaixãoPorFutebol