Dos quatro grandes times de São Paulo, o #Corinthians é o que menos trouxe reforços até o momento. Por isso, antes da chegada do novo ano, a diretoria segue em busca de contratações.

Desta vez, dentro dos bastidores do clube, surgiu a informação de que o Alvinegro estaria interessado no volante Felipe Melo.

Palmeiras e Flamengo na briga

O veterano de 33 anos está atualmente na Inter de Milão, na Itália. Além do Timão, #Palmeiras e #Flamengo também desejam contar com Felipe Melo em 2017. Ele inclusive se declarou rubro-negro de coração, mas as negociações com o clube carioca não avançaram muito.

Pelo lado alviverde, o nome do ex-volante da Seleção Brasileira foi uma opção encontrada para disputar a concorrida Libertadores e as conversas estão mais adiantadas.

Publicidade
Publicidade

Melo tem contrato por mais seis meses com a Inter e o volante já sabe que não ficará na Itália. Com isso em mente, o agente do jogador iniciou contato com clubes do Brasil.

No entanto, é importante lembrar que o salário dele gira em torno de aproximadamente R$ 1,5 milhão por mês e, por essa razão, a dificuldade de fechar um acordo com alguma equipe brasileira é maior. Na Europa, o Valencia da Espanha e o Fenerbahce da Turquia também estão de olho em Felipe Melo.

Wagner perto do acerto

O Corinthians ficou mais perto de acertar a contratação de Wagner. A novela que se estendeu por várias semanas pode ter um final feliz em breve. Segundo o empresário do jogador, o empecilho que dificultou o andamento da negociação está terminando.

"Por enquanto, tudo ainda está na mesma situação, mas estou com muita esperança e acho que vamos resolver na próxima semana isso", disse João Sérgio em entrevista à Gazeta Esportiva.

Publicidade

Ou seja, nos primeiros dias de 2017, o time de Parque São Jorge espera finalmente que a Fifa libere o meia de 31 anos, que está no momento no Tianjin Teda, da China. No clube chinês, Wagner anda sem oportunidades e não atua desde a metade do ano, e tudo isso por conta do excesso de estrangeiros na equipe.

O que existe até agora é um acordo verbal entre Wagner e Corinthians para a próxima temporada. O salário, avaliado em R$ 420 mil, também foi definido pelo presidente Roberto de Andrade.