Após o #Corinthians tentar nomes como Dorival Jr, Paulo Autuori, Guto Ferreira e Reinaldo Rueda para comandar o time, achava-se que o provável comandante seria o português Marco Silva, que vinha sendo especulado no #Timão pela imprensa de Portugal. Porém, o presidente Roberto de Andrade resolveu colocar Fábio Carille com a promessa de que o ex-auxiliar de Tite comandará a equipe no decorrer da temporada 2017.

Não é necessário puxar muito na memória do torcedor corintiano para lembrar que Roberto de Andrade já havia feito a mesma promessa ao próprio Fábio Carille e não cumpriu. Na ocasião, Fábio Carille era auxiliar de Cristóvão Borges, que mesmo confortável na zona da Libertadores foi demitido por Roberto de Andrade.

Publicidade
Publicidade

Carille mais uma vez assumiu o time e recebeu a promessa de que ficaria até o final do ano, com entrevista coletiva do presidente e tudo.

Acontece que mesmo com Fábio Carille indo razoavelmente bem, Roberto de Andrade, mais uma vez, optou por trocar o comando da equipe, descumprindo assim a promessa feita frente as câmeras de que Carille ficaria até o fim da temporada.

O fim dessa história a gente já sabe. Trouxe o técnico Oswaldo de Oliveira, que não conseguiu sequer classificar a equipe para a pré-Libertadores. Agora, mais uma vez a diretoria corintiana joga a batata quente nas mãos de Fábio Carille. A questão é: dessa vez ele terá tempo de mostrar trabalho?

A resposta é um sonoro não! Roberto de Andrade está apenas usando Fábio Carille para se esconder da sua responsabilidade como presidente, No primeiro resultado adverso ele vai demitir Carille e negociar um nome que "amanse" de verdade a Fiel, se é que o próximo treinador do Corinthians já não estará fechado com Andrade até lá.

Publicidade

O Corinthians hoje sofre com uma administração terrível, e não digo isso por causa da efetivação de Carille. Porque ele é um bom técnico, ele sim é um bom profissional. Já Roberto de Andrade é amadorismo puro. Por isso, eu afirmo que o Corinthians não vai manter o Fábio Carille nem pelo menos até a fase mata-mata do Paulista, isso se ele chegar até lá!

Para falar a verdade, a sensação que tenho é de que enquanto Roberto de Andrade for o presidente todos os técnicos serão interinos. Sempre que o sapato dele apertar, vai demitir um treinador!

E o pior, Roberto de Andrade está próximo de cometer mais um grande erro. O Atlético mineiro fez uma oferta por Marlone, e Andrade tem uma dívida com o Galo em relação a contratação de Giovanni August. Ele pode ceder o meia em uma negociação dessa dívida.

É uma vergonha o que estão fazendo com o Corinthians, clube de tantas glórias. Chego a dizer que em termos de mídia e verba, indiscutivelmente, é o maior do Brasil! Infelizmente, se nada mudar, o corintiano, assim como os torcedores do Inter de Porto Alegre, já sabem onde esse roteiro termina!

Depois de tudo o que foi falado aqui, eu não poderia terminar esse artigo dizendo outra coisa que não fosse:

Roberto de Andrade, UM DOS PIORES PRESIDENTES QUE O FUTEBOL BRASILEIRO JÁ VIU!!! #Campeonato Brasileiro