Mesmo tendo pouco tempo à frente da presidência do Fluminense, Pedro Abad já se depara com uma situação delicada para resolver. Demonstrando um certo temor de que outros clubes atravessem as negociações, o departamento de futebol do Tricolor vem pressionando o mandatário para que ele confirme alguns dos quatro jogadores já apalavrados com a equipe das Laranjeiras, no caso os laterais-direitos Lucas e Alemão, o volante Matheus Sales e o centroavante Hernan Barcos. A ideia é que esse anúncio pressionaria àqueles que não farão parte dos planos a se abrirem mais ao mercado.

Abad, no entanto, não vem correspondendo aos desejos do vice-presidente Fernando Veiga, do diretor Marcelo Teixeira, do gerente-executivo Alexandre Torres e do técnico Abel Braga.

Publicidade
Publicidade

Segundo o presidente, o foco, no momento, é reduzir os custos do elenco em até R$ 1 milhão através da saída de alguns atletas, como Gum, Osvaldo e Henrique Dourado. Os três teriam sido procurados, mas, porque seriam obrigados, em caso de transferência, a reduzir os seus salários, não demonstraram interesses de encerrar os seus respectivos vínculos com o Fluminense.

Até o momento, já deixaram o Flu, de forma oficial, os laterais-direitos Jonathan (Atlético-PR) e Igor Julião (futebol norte-americano) e o atacante Magno Alves, que acertou seu retorno ao Ceará. Outro próximo de sair é Cícero. O meia está acertando os últimos detalhes para firmar um contrato de dois anos com o São Paulo. Nessa transação, apesar de ter que pagar 30% dos salários do jogador com o time paulista, o Tricolor terá uma economia de R$ 3,7 milhões na sua conta.

Publicidade

Quando assumiu a cadeira anteriormente ocupada por Peter Siemsen, Pedro Abad prometeu uma maneira diferente de gerir o futebol e um time competitivo para brigar por títulos. Também disse que traria quatro reforços, sem contar os equatorianos Jefferson Orejuela e Junior Sornoza, trazidos ainda no meio de 2016 após brilharem no Independente Del Valle, equipe daquele país, vice da última Taça Libertadores da América. #Fluminense #PaixãoPorFutebol #Mercado da bola