Douglas, que um dia foi rejeitado pelo Barcelona, agora pode resolver o problema da lateral direita da equipe. Parece piada, mas não é. Segundo o jornal catalão Sport, as boas atuações do jogador pelo Sporting Gijón, clube no qual está emprestado, levaram a equipe barcelonista a considerar um possível retorno do ex-são paulino ao clube.

Tudo isso porque a posição virou uma dor de cabeça para o técnico Luis Enrique. Aleix Vidal, contratado por 60 milhões de reais, pouco fez para merecer a titularidade. Tanto que jogou apenas cinco partidas, quase sempre pelo time B do Barça.

Por conta disso, Luis Enrique tem para a lateral direita apenas Sergi Roberto, que tem atuado bem, mas não possui nenhuma sombra para rivalizar com ele, nem um substituto à altura em caso de contusão.

Publicidade
Publicidade

Os dirigentes do Barcelona tentaram outras opções no mercado. Porém, os nomes desejados são muito caros. A expectativa era de contar com o croata Srna, do Shakhtar Donestsk, ou com o suíço Lichtsteiner, da Juventus, mas os valores assustaram. O ex-lateral do Real Madrid Arbeloa seria uma possibilidade para ocupar o setor. Porém, segundo informações da imprensa espanhola, ele não concordaria em defender as cores de um clube que luta pela independência da Catalunha.

Diante desse cenário, Douglas poderá ganhar uma nova chance em um dos clubes mais poderosos do mundo. Com a camisa do Gijón, ele participou de nove partidas, tendo anotado um gol e uma assistência. A ideia é poder contar com ele já em janeiro, o que teria irritado o técnico do Gijón, Abelardo.

Muito dinheiro e pouca bola

Vendido em agosto de 2014 pelo São Paulo por quatro milhões de euros ao clube espanhol, Douglas acabou renegado pela nova equipe, tendo atuado apenas em oito oportunidades.

Publicidade

O atleta era muito pela torcida e imprensa espanhola. Esta última questionava à época a contratação de um jogador com tão pouca expressão: o Marca chegou a publicar um artigo perguntando as razões de trazer um lateral desconhecido no mercado europeu, que “sequer o You Tube fornecia imagens empolgantes”.

Para evitar o mico maior de manter no elenco um jogador caro – recebia 1,5 milhão de euros por temporada, de acordo com o jornal Sportyou –, foi emprestado sem custos ao Gijón. E agora surge como a solução para o Barcelona. Dá para acreditar? #Mercado da bola #FC Barcelona #São Paulo FC