Um dia após a queda do avião da Lamia que vitimou jogadores da Chapecoense e jornalistas brasileiros, o vice-presidente do Internacional concedeu uma entrevista para uma emissora de rádio do Rio Grande do Sul, se mostrando contrário ao adiamento da rodada do Brasileirão por conta do acidente aéreo na Colômbia. Em dado momento da entrevista, Fernando Carvalho se manifesta solidário ao drama vivido pelo ocorrido com a delegação da Chapecoense, mas acrescenta que o Internacional também estava vivendo sua "tragédia particular" que era tentar fugir do rebaixamento.

Essa frase repercutiu nas redes sociais como fogo na palha seca, tão logo acabou a entrevista, viralizou e o vice do Inter se transformou em Trending Topics (assunto mais discutido no twitter).

Publicidade
Publicidade

Jornalistas, torcedores, dirigentes de clubes, jogadores, criticaram a declaração do dirigente do Inter. O presidente Vitorio Piffero e o diretor de futebol do clube chegaram a conceder entrevistas na sequência tentando explicar o contexto da frase do #Fernando Carvalho, mas tudo em vão. O estrago estava feito. Ninguém conseguiu reverter o mal-entendido causado pela expressão infeliz.

Neste domingo (04),Fernando Carvalho voltou a abordar o assunto, dizendo que foi vítima de quem realizou a edição da entrevista que acabou sendo distribuída para vários veículos de comunicação. O vice do Internacional explicou que, na matéria, falava sobre sua proximidade com a Chapecoense, quando, de repente, lhe fizeram um questionamento a respeito do adiamento da rodada, e foi quando ele usou a expressão "tragédia" para definir a situação do Internacional, mas, logo em seguida, teria se desculpado.

Publicidade

Fernando Carvalho acrescentou que a entrevista foi ao ar como se tivesse falado apenas disso.

O dirigente colorado afirmou que sofreu muito durante a semana por conta da repercussão dessa frase mal colocada, pois foi tratado como sendo uma pessoa insensível e desumana. Fernando Carvalho acrescentou que já prestou esclarecimentos em várias emissoras e está tranquilo que sua versão foi transmitida. O vice-presidente do Internacional disse que não sabe quem fez a edição que lhe trouxe tantos dissabores, mas também não está interessado em saber, pois não quer gerar mais polêmica em torno de si. #Resenha Esportiva #Sport Club Internacional