Após Marcelo Cirino ser oferecido como ''moeda de troca'' ao #Santos, para a manutenção de Leandro Damião no elenco rubro-negro, as equipes estão perto de chegar a um acordo. Na noite desta quinta-feira (22), a noticia de que o negócio está cada vez mais maduro, chegou ao empresário do atacante Cirino, que diz ver o negócio com bons olhos para a carreira do jogador no qual tem tido pouco espaço na equipe carioca.

Do lado rubro negro, que precisa de contratações pontuais, ou seja, jogadores que façam a diferença, a continuidade de Leandro Damião para a temporada seria de extrema importância, já que a equipe conseguiu a vaga para a fase de grupos da Libertadores 2017.

Publicidade
Publicidade

Do lado da equipe do litoral paulista, a vinda de um atacante com características semelhantes a do Cirino são consideradas importantes, já que desde a saída de Gabriel para o #Futebol italiano, o clube ainda não achou alguém para suprir a lacuna vazia na qual o jogador deixou.

O que facilita a negociação é a fundo de investimentos Doyen Sports, empresa na qual colaborou com a contratação do ponta a equipe rubro-negra no ano 2014 e também esteve envolvida na contratação do centro-avante a equipe Alvinegra, na onde foram financiados 13 milhões de euros (cerca de 48 milhões de reais). No contrato citado, a equipe do Santos deve quitar a dívida, acrescentado 10% de juros por ano de contrato do jogador com o clube.

A volta do centro-avante à equipe do peixe é considerada inviável, já que após o alto investimento feito pelo clube foi por ''água a baixo'', após uma péssima passagem do jogador pela equipe e um alto índice de desaprovação tanto por parte da torcida quanto por parte da diretoria.

Publicidade

Foram 44 jogos e apenas 11 gols marcados no ano de 2014.

Por enquanto do lado rubro-negro, o único reforço confirmado é do lateral-esquerdo Trauco, que vem do Universitário. Já do lado do peixe, Cirino seria o quarto reforço, já que a equipe confirmou o zagueiro Cléber (Hamburgo), o lateral direito Matheus Ribeiro (Atlético-GO) e o atacante Vladimir Hernández (Junior Barranquilla). #Flamengo