#Flamengo e Atlético-PR parecem estar próximos de fecharem um acordo para que o meia Marcos Guilherme vá para a Gávea em 2017. A transferência faz parte de acordo que envolveria uma troca de um ano, onde o lateral-direito Léo e o meia Ederson devem ser a contrapartida para o clube paranaense.

Em 2012, o presidente do Conselho Deliberativo do Atlético-PR, Mario Celso Petraglia, chegou a citar Marcos Guilherme como possível maior revelação da história do clube. No entanto, o jovem jogador não conseguiu emplacar uma boa sequência de partidas e alternou as condições de reserva e titular do time.

A diretoria do Furacão acredita que a pressão da torcida rubro-negra sobre o meia é muito grande e o ambiente de Curitiba não favorece Marcos Guilherme.

Publicidade
Publicidade

Assim, um empréstimo poderia fazer com que o atleta voltasse a jogar bem, recuperando a valorização no mercado.

Com apenas 21 anos de idade, meia do Furacão foi artilheiro do Sul-Americano Sub-20 no ano passado com a Seleção Brasileira. O contrato do jogador com o Atlético vai até março de 2019.

Santos chegou a demonstrar interesse pelo jogador

Anteriormente, o Santos se mostrou interessado em Marcos Guilherme, mas o Furacão não aceitou trocar o atleta criado em suas categorias de base pelo atacante Thiago Ribeiro, que seria a oferta do Clube Paulista. A diretoria do Peixe está pessimista e praticamente descarta a contratação. O Santos confirmou o interesse no início de Dezembro, desejando o jogador como reforço para a disputa da Copa Libertadores da América de 2017.

O meia do Atlético-PR, porém, deve mesmo jogar a competição continental com o manto do Rubro Negro da Gávea.

Publicidade

Após suas conversas travarem, os santistas viram o Flamengo assumir à frente do negócio.

Sabendo que o meia não vive situação confortável no Furacão, pois perdeu espaço entre os titulares e é perseguido pela torcida, os santistas ofereceram uma troca entre as equipes, liberando Thiago Ribeiro e trazendo Marcos Guilherme para a Vila Belmiro. O clube de Curitiba, apesar de ter demonstrado interesse no início, acabou recuando nos últimos dias. #Mercado da bola #Atlético Paranaense