Mesmo atravessando problemas financeiros, o Fluminense, dentre os reforços para a próxima temporada, busca uma referência capaz de liderar, dentro das quatro linhas, o elenco comandado pelo técnico Abel Braga e capaz de ser aquele que saiba decidir uma partida. No entanto, tanto o presidente Pedro Abad quanto os demais integrantes do departamento de futebol, evitam citar nomes. Segundo eles, é uma forma de se evitar grandes expectativas por parte da torcida.

"Lógico que temos de fazer isso dentro da perspectiva de treinador e se o atleta se encaixa no que o clube está querendo. Não dá para falar de nome para não criar a expectativa e atrapalhar a negociação, mas estamos buscando nomes para serem referências no grupo", explicou o gerente-executivo Alexandre Torres em entrevista concedida nas Laranjeiras na última quarta.

Publicidade
Publicidade

Diante do perfil traçado, o argentino Dario Conca, com duas passagens pelo Tricolor, sendo vice da Libertadores de 2008 e campeão brasileiro de 2010, ídolo da torcida e, no momento, defendendo o Shanghai SIPG da China, foi imediatamente lembrado. No entanto, de acordo com Torres, o meia, perto de acertar seu ingresso no Flamengo, sequer foi citado nas reuniões acontecidas até o momento.

"Não falamos sobre o Conca. As indicações são de todas as partes", resumiu, de maneira suscinta, o dirigente.

Na sua pesquisa de mercado, o Flu almeja trazer entre quatro e seis reforços. As posições são mantidas em sigilo, mas, nos bastidores, espera-se as chegadas de um lateral-direito (Bruno, atualmente no São Paulo e com passagem pelas Laranjeiras entre 2012 e 2013, é um dos favoritos), um lateral-esquerdo, um zagueiro (Paulão, do Internacional e Neris, sem clube após o fim de seu vínculo com o Santa Cruz, foram especulados), um volante, possivelmente Wellington Martins, do São Paulo e um centroavante.

Publicidade

De concreto, o Tricolor acertou, por enquanto, as contratações do volante Jefferson Orejuela e do apoiador Junior Sornoza, ambos nascidos no Equador e destaques do Independente Del Valle, agremiação daquele país e vice da última Taça Libertadores. Os dois se apresentam no próximo dia 4 de janeiro, juntamente com os jogadores que não enfrentaram o Internacional pela última rodada do Campeonato Brasileiro de 2016. Os demais atletas chegam uma semana depois.

A pré-temporada do #Fluminense será realizada no CT Pedro Antônio, localizada na Barra da Tijuca, zona oeste do Rio de Janeiro. No dia 25 de janeiro, a partir das 21h45 (de Brasília), em local a ser definido, o Tricolor terá o seu compromisso de estreia em 2017, quando inicia a luta pelo bicampeonato da Copa da Primeira Liga, encarando o Criciúma. #PaixãoPorFutebol #Mercado da bola