O último dia do ano começa com a tradicional Corrida Internacional de #São Silvestre, que chega à 92ª edição neste sábado (31). A prova acontece nas ruas da cidade de São Paulo, a partir das 8h (horário de Brasília).

Transmissão ao vivo

Os fãs de atletismo que quiserem assistir à #Corrida de São Silvestre, ao vivo, terão duas opções na TV aberta e uma opção na internet para acompanhar cada um dos 30 mil competidores que participarão da prova.

Na TV aberta, Globo e Gazeta exibem a corrida, ao vivo. A transmissão da Globo abrange todos os estados brasileiros e começará às 9h. Já a da Gazeta é apenas para algumas cidades – a emissora não está em todo o Brasil – e terá início às 8h25.

Publicidade
Publicidade

Na Globo, a narração será feita por Cléber Machado. A Gazeta não divulgou a equipe de transmissão da prova. Além da televisão, é possível assistir pela internet utilizando o aplicativo Globo Play.

O aplicativo é gratuito e pode ser baixado por qualquer telespectador. É possível assisti-lo pelo celular, computador, tablet ou notebook que esteja conectado à internet.

Favoritos

Entre os homens, o grande favorito é Dawit Admasu, da Eitópia, campeão em 2014. Mas, William Kibor, do Quênia, também tem chances. Na prova feminina, são duas favoritas: a atual bicampeã Yimer Wude Ayalew, da Etiópia, e a queniana Jemima Sumgong. Os brasileiros correm, literalmente, por fora nas duas categorias.

A prova

O Brasil não vence a São Silvestre na categoria masculina desde 2010, quando Marílson Gomes dos Santos alcançou marca de 44min03seg e chegou na primeira posição.

Publicidade

Desde então, o Quênia ganhou três vezes, com Edwin Kipsang (2) e Stanley Biwott, no ano passado. A Etiópia ficou com a primeiro lugar em duas oportunidades: Tariku Bekele, em 2011, e Dawit Admasu, em 2014.

Na prova feminina, a seca brasileira é ainda maior. A última vitória aconteceu em 2006, com Lucélia Peres. Desde então, Quênia (seis vezes) e Etiópia (três vezes) venceram.

As três conquistas etíopes vieram com Yimer Wude Ayalew, em 2008, 2014 e 2015. As vitórias quenianas foram conquistadas por cinco corredoras diferentes.

Na TV: Globo e Gazeta

Na internet: aplicativo Globo Play