Planejando a temporada que vem, o #Fluminense já escolheu onde irá mandar os seus jogos, pelo menos no primeiro semestre. Levando-se em conta o aspecto financeiro e a situação indefinida do Maracanã, o Tricolor optou por extender o uso do Giulite Coutinho, em Édson Passos, distrito de Mesquita, região metropolitana do Rio de Janeiro. Proprietário do local, o #América-RJ já foi notificado quanto à possibilidade de prorrogar o vínculo com a agremiação das Laranjeiras até maio de 2017 e não deverá se opor. Vale ressaltar que o estádio precisará passar por nova vistoria tanto da Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro (FERJ) e dos órgãos de segurança antes de ser oficialmente liberado.

Publicidade
Publicidade

Mesmo tendo a capacidade reduzida (12 mil pessoas), o Giulite Coutinho proporcionou um lucro aos cofres do Fluminense. Além disso, em nove partidas disputadas no estádio de Édson Passos no último ano, o Tricolor venceu cinco, obteve dois empates e sofreu apenas duas derrotas. Já no Maracanã, foram dois empates contra Vitória (2 a 2) e Atlético-PR (1 a 1), sem contar o prejuízo devido ao alto custo de operação para a realização das partidas no "Maior do Mundo".

Enquanto isso, permanece a saga da gestão do presidente Pedro Abad em busca de reduzir o custo do elenco para facilitar a chegada de reforços. Depois de liberar Cícero para o São Paulo, nesta sexta, existe a possibilidade de o lateral-direito Wellington Silva deixar as Laranjeiras rumo ao Bahia. Outros com chances de serem transferidos são o lateral-esquerdo William Matheus (negociando para defender o Coritiba) e o atacante Wellington Paulista (perto de acertar com a Chapecoense).

Publicidade

Por outro lado, o lateral-direito Lucas e o volante Matheus Sales, ambos do Palmeiras, o também lateral-direito Alemão, do Bragantino, o atacante peruano Jefferson Farfán, sem clube e o centroavante argentino Hernan Barcos, saindo do Velez Sarsfield, têm chances de serem contratados.

A reapresentação do elenco do Fluminense acontece na próxima quarta. Ainda no próximo mês de janeiro, no dia 24, às 20h (de Brasília), o Tricolor estreia na temporada. Em local indefinido, encara o Criciúma pela abertura da segunda edição da Copa da Primeira Liga, torneio o qual o Flu é o atual campeão. #PaixãoPorFutebol