Ronaldo Piacente, presidente do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD), está atento as últimas atitudes do presidente do #Internacional, Vítório Píffero, que deseja que a última rodada do Campeonato Brasileiro não seja realizada.

O Internacional está em uma difícil situação na competição, com grande risco de rebaixamento, e a atitude do presidente do clube é vista como uma tentativa de “virada de mesa”.

Em coletiva de impressa, os jogadores do internacional pediram para não disputar a última rodada do campeonato. Vítório disse que se não houver a última rodada, o campeonato fica incompleto e o Internacional não poderá ser rebaixado.

Publicidade
Publicidade

Para o presidente do STJD, as declarações do dirigente Colorado são oportunistas e que o Tribunal irá atuar se necessário.

Segundo Ronaldo, temos que respeitar o momento da Chape, mas não se pode comparar a decisão do clube Atlético Mineiro, que está em terceiro lugar, e o time do Internacional, que está na zona de rebaixamento. O presidente do Galo admitiu que não vai jogar o último jogo e, provavelmente, o time vai perder por WO para o time da #Chapecoense na última rodada do #Brasileirão.

A chance do Internacional, que ocupa a 17º posição da competição, é mínima. O colorado precisa vencer o Fluminense e torcer pelos tropeços do Vitória e Sport. O Inter se vê prejudicado com o adiamento dos jogos da última rodada.

Ronaldo disse que vai estar de olho para nenhum clube se beneficiar da “desgraça dos outros”.

Publicidade

Disse que é uma situação atípica, que não pode ser tomada nenhuma decisão que beneficie ou prejudique o outro.

Paralelo a isso, o clube Internacional entrou oficialmente no STJD com uma manifestação contra a escalação irregular do jogador do Vitória, Victor Ramos. O Inter pede que o time rubro-negro perca os pontos dos 26 jogos em que o atleta atuou.

Homenagem Colorada

O Colorado prestou nesta sexta-feira (2) uma homenagem oficial em seu site ao time Chapecoense. A capa da página na internet ficou verde, com dizeres ‘#forçaChape’. O time fez também uma homenagem específica aos atletas da Chape que jogaram no Internacional.