O #Futsal da #Argentina está de luto. Morreu nesta quarta-feira (5), o jogador Matías Kruger, que esteve na lista de pré-convocados para a disputa do último mundial da modalidade na Colômbia, vencido pela própria seleção argentina. Ele era funcionário do metrô de Buenos Aires e morreu eletrocutado enquanto trabalhava em reparos na linha Córdoba.

O ala-pivô tinha 24 anos e também atuava pelo Boca Junior, que decretou luto de três dias. Ele era considerado uma das grandes promessas para o futuro da Seleção e era presença certa nas próximas convocações. Ele chegou a disputar alguns amistosos contra a Seleção Brasileira.

O jogador esteve em quadra no último domingo (4), na primeira partida da decisão do Campeonato Argentino, contra o Kimberley.

Publicidade
Publicidade

O jogo de volta está agendado para esta quinta-feira (8), forem ele não poderia atuar por estar cumprindo suspensão após ser expulso.

Nas redes sociais a comoção pela perda do jovem atleta foi muito grande, com várias mensagens deixadas pelos torcedores e amigos do jogador. Houve até mensagens do River Plate, rival histórico do Boca. A Conmebol também se solidarizou com a tragédia.

Segundo informações, Matías Kruger trabalhava na manutenção do ar condicionado de uma das composições, quando recebeu uma descarga elétrica. Todos os ramais do metrô foram interrompidos para que investigações feitas por peritos apontem as causas do fatal acidente.

Dias dolorosos

Os últimos dias têm sido muito duros com o esporte em geral, a começar com o acidente da semana passada, na Colômbia, que vitimou a delegação da Chapecoense e profissionais da imprensa esportiva, que ainda rendem homenagens e comoção ao redor do mundo.

Publicidade

Três atletas do clube catarinense ainda seguem internados.

No domingo (4), um ônibus que levava uma equipe russa de ginástica acrobática bateu em um caminhão na região de Khanty-Mansiysk após perder o controle por conta da estrada escorregadia. 12 atletas entre 12 e 14 anos morreram na tragédia. Segundo autoridades daquele país, o veículo acidentado levava 30 pessoas, sendo 3 adultos. #Metrô