Mesmo já classificado em primeiro lugar para as oitavas de final, o #Barcelona chegou na última rodada da UEFA Champions League lutando pela vitória, já que o time catalão vem de três rodadas negativas, empatando em todos os jogos - Real Sociedad (1x1), pela La Liga; Hercules (1x1), pela Copa Del Rey; e Real Madrid (1x1), também pela La Liga.

Enquanto isso, o Borussia Mönchengladbach, que não tem feito uma boa campanha nesta temporada, não ganha um jogo desde o dia 28 de outubro quando jogou em casa contra o Stuttgart pela 9ª rodada da Bundesliga, colecionando uma série de derrotas e empates. Contudo, a equipe terminou em terceiro lugar no Grupo C e acabou indo para a Europa League, sendo a segunda maior competição dos clubes europeus.

Publicidade
Publicidade

Resumo da partida entre Barcelona x Borussia Mönchengladbach, que aconteceu nesta terça-feira (6), no Camp Nou

Com Neymar suspenso e Luis Suárez no banco, Lionel Messi teve a excelente companhia de Arda Turan para substituir o famoso trio MSN. Contudo, como era de se esperar, o Barça dominou o jogo, enquanto o Gladbach ficou recuado.

Cogitado por Jürgen Klopp para jogar no Liverpool, o brilhante Mahmoud Dahoud foi o responsável pela marcação em cima de Messi. Uma tarefa difícil! Uma vez que o melhor jogador do mundo abriu o placar para a equipe catalã, com a assistência de Arda Turan, o homem da partida.

O turco, ainda, deu um show na partida ao fazer o hat-trick para a equipe Blaugrana, com assistências de Aleix Vidal e do companheiro de ataque Paco Alcácer. Quem também brilhou na partida foi o zagueiro Lucas Digne, que vai se firmando como titular no Barça.

Publicidade

O Grupo C terminou com o Barcelona na liderança, seguido pelo Manchester City de Pep Guardiola, o Borussia Mönchengladbach, que vai disputar a segunda fase da Europa League e o lanterna Celtic, que não ganhou nenhum jogo nesta temporada na fase de grupos da #Liga dos Campeões.

Homenagem à Chapecoense, presença de Klopp e reencontro de Ter Stegen com o Mönchengladbach

Os torcedores do Barcelona fizeram vários cartazes para a Chapecoense, com direito a muitos gritos e aplausos. Também, todas as partidas de hoje tiveram um minuto de silêncio antes da bola rolar.

Entre os torcedores da equipe catalã, estava o técnico do Liverpool, Jürgen Klopp. Jornais europeus têm circulado a notícia que o treinador alemão está encantado com o futebol do meio-campista do Gladbach, Mahmoud Dahoud, querendo levá-lo para os Reds.

Ainda, a partida de hoje foi marcada pelo reencontro de Marc-André ter Stegen com seu ex-clube, os Potros. O goleiro nasceu na cidade de Mönchengladbach, na Alemanha, sendo revelado pelo clube de mesmo nome.

Publicidade

Ao todo, ter Stegen ficou por dezoito anos na equipe, até ser contratado pelo Barcelona em 2014.

Outros resultados das partidas de hoje

PSV 0x0 Rostov

Manchester City 1x1 Celtic

Dynamo Kiev 6x0 Besiktas

Paris Saint-Germain 2x2 Ludogorets

Basel 1x4 Arsenal

Bayern de Munique 1x0 Atlético de Madri

Benfica 1x2 Napoli

Placar Final: Barcelona (4) x (0) Borussia Mönchengladbach

ELENCO

Barcelona: Cillessen (GL), Mascherano, Aleix Vidal, Umtiti, Lucas Digne, Denis Suárez, André Filipe, Iniesta, Arda Turan, Messi e Alcácer.

Mönchengladbach: Sommer (GL), Jantschke, Vestergaard, Andreas Christensen, Elvedi, Julian Korb, Nico Schulz, Tobias Strobl, Dahoud, Thorgan Hazard e Hahn.

RESERVAS

Barcelona: Jordi Masip (GL), Jordi Alba, Sergi Roberto, Busquets, Rafinha, Marc Cardona, Luis Suárez.

Mönchengladbach: Sippel (GL), Wendt, Djibril Sow, Johnson, Kramer, Jonas Hofmann e Raffael.

TÉCNICO

  • Barcelona: Luis Enrique
  • Mönchengladbach: André Schubert

CARTÃO AMARELO

  • Mönchengladbach: Dahoud.

SUBSTITUIÇÕES

Barcelona: saiu Iniesta e entrou Rafinha (16' segundo tempo) / saiu Arda Turan e entrou Marc Cardona (29' segundo tempo).

Mönchengladbach: saiu Dahoud e entrou Kramer; saiu Nico Schulz e entrou Johnson (14' segundo tempo) / saiu Thorgan Hazard e entrou Raffael (27' segundo tempo).

GOLS

Barcelona: Messi (16' primeiro tempo) / Arda Turan (5' 8' 22' segundo tempo). #Resenha Esportiva