A notícia de que o meio-campista Ricardo Goulart, do Guangzhou Evergrande, da China, pode ser o novo reforço do São Paulo para a temporada de 2017 caiu como uma bomba para os torcedores tricolores nos últimos dias.

Alguns são-paulinos ficaram empolgados com a possibilidade de o jogador que foi bicampeão brasileiro pelo Cruzeiro em 2013 e 2014 reforçar a equipe comandada por Rogério Ceni, no ano que vem.

Outros são-paulinos ficaram com o pé atrás em relação à contratação do jogador que foi campeão e eleito o melhor do Campeonato Chinês. Saiba o que há de verdade nesta notícia.

Fontes

Segundo a agência de notícias Estado, o acerto entre o jogador e o São Paulo já teria sido feito e faltava apenas a liberação por parte do time chinês. Em entrevista ao programa Fox Sports Rádio, do canal pago Fox Sports, nesta sexta-feira (23), porém, o superintendente de futebol do clube paulista, Marco Aurélio Cunha, negou qualquer negociação.

Publicidade
Publicidade

A reportagem do Blasting News entrou em contato com a Europe Spors Group, grupo que administra a carreira do jogador, perguntando sobre a negociação entre o São Paulo e o jogador.

A mensagem foi enviada para o número de Whatsapp divulgado no site da EGS às 13h17, visualizada menos de cinco minutos depois e não foi respondida até o momento.

Por que Goulart voltaria?

Goulart é ídolo, respeitado e recebe um salário milionário na China. O único motivo plausível para a volta do jogador ao futebol brasileiro seria a vontade de defender a seleção brasileira.

O que iria contra esse argumento é o fato de que o meia Renato Augusto e o volante Paulinho, dois dos principais jogadores da era Tite à frente da seleção, também jogam na China.

Valores

Os valores que cercam a suposta negociação não foram divulgados.

Publicidade

Mas, imagina-se, que a pedida salarial de #Ricardo Goulart seja alta e esteja acima do teto salarial do clube paulista, que gira em torno dos R$ 300 mil.

Por tudo o que está envolvido nesta negociação parte da torcida são-paulina está pessimista quanto a vinda do jogador.

#Mercado da bola #São Paulo FC