Os médicos que estão cuidando dos sobreviventes da #Tragédia com a #Chapecoense, foram autorizados a revelar toda a verdade ao zagueiro Neto, um dos poucos sobreviventes da queda do avião, na Colômbia. A equipe médica informou que Neto já estava desconfiado que algo muito grave tinha ocorrido, principalmente por causa dos ferimentos que ele teve. Ele ficou chocado com a tragédia e com a morte dos seus companheiros.

Os psicólogos do hospital colombiano tinham proibido os médicos de contarem sobre o #Acidente ao jogador, pois como ele estava em um quadro delicado, a revelação poderia atrapalhar sua recuperação. Agora que ele apresentou melhora, os profissionais decidiram que já era hora dele saber a verdade.

Publicidade
Publicidade

Neto tem escoriações por todo o corpo. Ele ficava vendo esses machucados e deduzia que algo muito grave aconteceu, para ele ter se machucado daquele jeito. O pai do jogador informou que o filho estava no limite e precisava ser informado sobre o que houve com ele e com seus amigos. A psicóloga foi chamada e após uma reunião, ficou decidido que ele poderia finalmente saber do acidente.

O mais incrível dessa história é que um dia antes da tragédia, Neto sonhou com o acidente. Assim que ele foi informado pela equipe médica sobre a queda do avião, o resgate e os poucos sobreviventes, Neto começou a repetir que o sonho que ele teve foi um aviso.

Neto chegou a falar com a esposa que não queria voar, porque ele teve um pesadelo com o avião caindo. No entanto, acabou resolvendo viajar com o time, pensando que não passava de um sonho.

Publicidade

O jogador não cansa de repetir que deveria ter alertado a todos e que poderia ter inclusive impedido a tragédia.

Fisicamente, o zagueiro está se recuperando, mas seu lado emocional está bastante abalado. Um psicólogo deverá dar continuidade ao atendimento, acompanhando-o de perto até a repleta recuperação. A parte psicológica conta muito e a tragédia causou um grande trauma, pois ele insiste em ficar relembrando o sonho e dizendo que teria sido uma espécie de aviso.