Neymar e Robinho protagonizaram uma verdadeira festa na noite desta quinta-feira (22), no Pacaembu, em São Paulo. A dupla de amigos boleiros organizou um amistoso, que reuniu personalidades do futebol, de outros esportes, da música e da televisão, com a presença de mais de 30 mil pessoas. A renda toda foi revertida para o Instituto #Neymar e outras entidades assistenciais. O nome do evento não podia ser outro: Ousadia x Pedalada, lembrando dois motes dos craques do Barcelona e do Atlético-MG, respectivamente.

A partida teve 22 gols e a vitória da equipe Ousadia por 13 a 9. Participaram da brincadeira solidária Gabriel Jesus, Kaká, Nenê, Luan, o ex-jogador Denilson e Falcão, do futsal.

Publicidade
Publicidade

Participaram também os cantores Wesley Safadão, Nego do Borel, César Menotti, Gusttavo Lima, Marrone, os atores Caio Castro e Marco Luque e os esportistas Gabriel Medina, Bruninho e Felipe Massa. Até a Chapecoense foi lembrada, com homenagens e minuto de silêncio antes do jogo por conta do acidente aéreo que matou 71 pessoas em novembro na Colômbia.

Safadão brilhou no jogo. Com um rolinho e um pênalti cobrado com cavadinha, o cantor levou o público à loucura e foi mais festejado até que Neymar.

Empolgado com o evento, o atacante barcelonista anotou quatro tentos, festejou a união em prol de projetos sociais e agradeceu quem foi ao Pacaembu para assistir à partida. “O mais importante é poder reunir os amigos, se divertir e ainda ajudar as pessoas que precisam”, afirmou o atleta após a festa.

Publicidade

Robinho fala sobre interesse do Santos

O atacante Robinho foi perguntado do possível interesse do Santos na sua contratação para 2017, mas deu a entender que permanecerá no Atlético-MG, cujo contrato com o clube mineiro vai até o fim de 2017.

“Respeito muito o Santos, mas estou focado no Atlético”, falou.

Kaká elogia Ceni e pode voltar ao São Paulo em 2018

Outra estrela no jogo beneficente, Kaká comentou sobre seu retorno ao futebol brasileiro. Com contrato até o fim de 2017 com o Orlando City, ele confirmou que seguirá nos Estados Unidos, mas deixou em aberto quanto a 2018. A especulação que existe é de que ele possa retornar ao São Paulo.

"O ano de 2017 será no Orlando City. A especulação é em relação a 2018. Esse é meu último ano de contrato com o Orlando, mas, enfim, minha ideia, em princípio, é ficar por lá", declarou.

O meia-atacante também comentou sobre Rogério Ceni como treinador do São Paulo. Segundo Kaká, Ceni é muito inteligente e tem tudo para fazer um bom trabalho no Tricolor.

"Eu fiquei com muita vontade de voltar depois do Ceni. E vou torcer muito. A expectativa é a melhor possível”, finalizou. #Santos #São Paulo FC