O circo da #Fórmula 1 amanheceu com uma notícia surpreendente no dia de hoje (02/11). O campeão Mundial de 2016 da #Mercedes, o alemão Nico Rosberg, anunciou durante a premiação da Federação Internacional de Automobilismo (FIA), na cidade de Viena, na Áustria, que está se aposentando da Fórmula 1. O piloto havia conquistado o troféu de campeão após terminar o GP de Abu Dhabi em 2º lugar no último domingo, dia 26 de novembro.

O agora ex-piloto disse que, para ele, é um dia muito especial receber o troféu, mas que é especial por outro motivo, pois está se aposentando da categoria máxima do automobilismo. Rosberg disse em uma postagem nas suas redes sociais que tomou a decisão na segunda-feira seguinte à corrida de Abu Dhabi.

Publicidade
Publicidade

O piloto anunciou inicialmente em particular a sua esposa Vivian Sibold e a Toto Wolff, chefe da Mercedes.

É a primeira vez que um campeão mundial anuncia a aposentadoria, após vencer a categoria pela primeira vez. Antes dele, apenas Alain Prost se aposentou depois de um título, no ano de 1993. Mas o francês, apelidado de Professor, havia se tornado tetracampeão naquela oportunidade, pois já havia vencido em 1985, 1986 e 1989.

Com a aposentadoria do piloto alemão, uma vaga se abre na equipe Mercedes. E se trata de uma vaga muito cobiçada, pois se trata da equipe que venceu os três últimos campeonatos de pilotos e construtores. Isso movimentará o mercado da F-1 nos próximos dias, pois havia apenas três vagas na F-1: uma na Sauber e duas na Manor, respectivamente 10ª e 11ª colocada no mundial da F-1 em 2016.

Publicidade

Pascal Wehrlein, piloto da Manor e integrante da base da Mercedes, e Valtteri Bottas, piloto da Williams e apadrinhado de Toto Wolff, são os mais cotados para assumir essa vaga.

Toto Wolff declarou que a decisão de Rosberg foi corajosa e de personalidade forte, pois decidiu-se aposentar no auge de sua carreira, como campeão, realizando um sonho de infância. Segundo o dirigente, a Mercedes só chegou aonde chegou graças a determinação e competitividade do piloto. Quanto ao futuro novo piloto, Wolff disse que irá avaliar opções e fazer a escolha certa posteriormente.

#Nico Rosberg é o segundo filho de campeão de F-1 a também vencer na categoria. O piloto é filho do finlandês Keke Rosberg, campeão mundial em 1982. Antes dele, apenas Damon Hill, campeão em 1996, filho de Graham Hill, bicampeão em 1962 e 1968, havia vencido na categoria. Além da Mercedes, aonde pilotava desde 2010, o piloto correu pela Williams de 2006 a 2009.