A #Chapecoense anunciou nesta sexta-feira o nome do seu novo treinador para a próxima temporada: Vagner Mancini. O profissional irá substituir Caio Jr, uma das 71 vítimas do trágico acidente aéreo da última semana em Medellín. O último clube de Mancini foi o Vitória da Bahia, clube pelo qual acabou demitido após uma série de maus resultados no segundo turno do Brasileirão.

"Queria dizer que estou muito feliz por ter sido o escolhido para ajudar na reconstrução do clube. Fico lisonjeado por poder dar continuidade ao belo trabalho que o Caio Jr, o meu amigo Caio Jr, vinha fazendo. Com uma mentalidade vencedora, com uma mentalidade humana, a gente pode dar sequência.

Publicidade
Publicidade

Em 2017 teremos muitas competições e a gente vem disposto a contribuir", disse Vagner Mancini.

Para explicar a contratação do novo treinador, o presidente do Conselho Deliberativo do clube, Plínio De Nes Filho, citou a "a característica, a juventude e o vigor físico" de Mancini - e lembrou que a diretoria trabalhava com quatro nomes antes do anúncio.

Junto com Mancini, foi apresentado o novo executivo de #Futebol do clube. Rui Costa esteve ao lado do técnico na coletiva de imprensa e trabalhará na gestão do elenco de jogadores e será um elo entre comissão técnica e diretoria. Rui trabalhou no Grêmio até o primeiro semestre de 2016, e acabou demitido após a queda dos gaúchos na Libertadores, na fase de oitavas de final.

"É um dia especial para todos nós, porque nós fomos escolhidos. Não só pela trajetória profissional que temos, mas porque temos identificação especial clube.

Publicidade

É mais do que uma escolha profissional, é um desafio que nos une a todos. Contamos com toda a comunidade que está demonstrando força nesse momento delicado, para nos ajudar e estar junto conosco nesta reconstrução", avaliou Costa.

Tanto Vagner Mancini quanto Rui Costa terão muito trabalho pela frente. A Chape deverá ir forte no mercado em busca de jogadores para reformar o seu plantel visando as várias competições da próxima temporada, como Libertadores, Brasileirão e Recopa Sul-Americana.