O Benfica garantiu a chegada do jovem Símon Ramírez, apontado como uma grande esperança do #Futebol mundial, para chegar a Portugal nos primeiros dias de janeiro. Tal como informa o jornal “A Bola”, o atual líder do Campeonato português decidiu pagar 700 mil euros, números históricos para a equipe B do clube, por acreditar que o jovem de apenas 18 anos ter todas as capacidades necessárias para ser um grande jogador e, caso corra tudo bem, possa ser o natural sucessor do talentoso Nélson Semedo, que dentro de poucos meses pode rumar para um grande clube europeu.

Apesar de há cerca de um ano ter garantido aos seus sócios que o Benfica, tal como acontece com a maioria dos clubes portugueses, iria cortar substancialmente seu orçamento para contratações de jogadores estrangeiros, a verdade é que Luís Filipe Vieira, juntamente com seus técnicos, tem conseguido saber construir times vencedores.

Publicidade
Publicidade

Prova essa é que, nos últimos três anos, o Benfica conseguiu bater seus rivais, Sporting e FC Porto, para conquistar o título da Liga portuguesa.

Continuando com sua política de contratações, apostando cada vez mais na chegada de jovens talentos que estão provando em outras ligas todo o seu valor, sobretudo as ligas sul-americanas, o Benfica conseguiu garantir a chegada do talentoso Símon Ramírez, que atualmente estava no time chileno Huachipato, para as próximas cinco temporadas e meia, como garante o jornal esportivo “A Bola”. O objetivo, tal como acontece normalmente com os muitos jogadores brasileiros que chegam ao clube português, é que ele possa se ambientar ao futebol europeu e conseguir provar seu enorme potencial nos grandes palcos, enfrentando grandes times como são o Barcelona, Real Madrid e Bayern de Munique.

Publicidade

Nas redes sociais, e sobretudo por causa dos números históricos que estão sendo gastos pelo Benfica por um jovem que vai rumar para o time B, muitos portugueses estão chocados com a contratação de Símon, questionando os responsáveis do Benfica se, por acaso, eles não têm jogadores no clube que tenham tanto potencial quanto ele. Para a oficialização do contrato, o jovem de 18 anos ainda vai ter que fazer os habituais exames médicos e aguardar por janeiro. #Negócios #Futebol Internacional