#Oswaldo de Oliveira foi demitido do cargo de treinador do #Corinthians. Na manhã desta quinta-feira (15), o clube paulistano comunicou a saída do ex-comandante, após o sétimo lugar no Campeonato Brasileiro e a não classificação para a Copa Libertadores de 2017. A diretoria já analisa nomes para substituí-lo para a próxima temporada, sendo Guto Ferreira o mais cotado, segundo informações. O nome de Vanderlei Luxemburgo também foi ventilado.

A ideia do presidente do Corinthians, Rodrigo de Andrade, era manter Oswaldo de Oliveira no cargo para o ano que vem. Entretanto, segundo informação de bastidores, ele vinha sendo muito cobrado e pressionado pelos demais conselheiros do Timão para que reformulasse todo o departamento de #Futebol do clube.

Publicidade
Publicidade

A reunião que culminou com a demissão de Oswaldo de Oliveira foi realizada na manhã desta quinta-feira (15) e não contou com a presença do ex-treinador. Na quarta (14), Oswaldo interrompeu suas férias no Rio de Janeiro para se reunir com dirigentes do Corinthians: o presidente Rodrigo de Andrade, o diretor de futebol Flávio Adauto e o gerente de futebol Alessandro Nunes.

Antes de Oswaldo de Oliveira, o Corinthians teve a dura missão de encontrar um novo treinador à altura de Tite, que deixou o clube para assumir a Seleção Brasileira. O presidente do Timão queria Oswaldo à época, mas o convenceram de desistir devido à rejeição dele com a torcida. Sendo assim, o time paulista contratou Cristovão Borges, que ficou pouco tempo no cargo, e depois efetivou o auxiliar Fábio Carille, ambos sem resultados expressivos à frente da equipe.

Publicidade

Em nove jogos pelo Corinthians, Oswaldo de Oliveira venceu apenas dois jogos, além de ter empatado quatro e ter perdido três. Sob o comando dele, o Corinthians ainda foi eliminado nas quartas de final da Copa do Brasil pelo Cruzeiro.

Mesmo tendo o futuro incerto no Corinthians, Oswaldo de Oliveira ainda era ouvido pelos dirigentes, inclusive sugerindo reforços para 2017, no caso do meia Rithely, do Sport - time no qual ele trabalhou antes do time paulista -, que tem negociações avançadas. Entretanto, nos próximos dias a diretoria vai redefinir o planejamento para a próxima temporada.

Adversário definido na Copa do Brasil

Ainda na manhã desta quinta-feira (15), o Corinthians conheceu o seu adversário na Copa do Brasil de 2017. Será a Caldense, de Minas Gerais. O jogo único da primeira fase será no interior mineiro ainda sem data definida, podendo ser no dia 8 ou 15 de fevereiro. O Timão, assim como todos os visitantes desta fase, terá a vantagem do empate.