O meia Nenê já pensa na possibilidade de deixar o Vasco da Gama. Durante um bate-papo com a imprensa nesta sexta-feira (23/12), em São Paulo, o jogador contou que pensa em ficar mais perto dos filhos, o que não acontece no Rio de Janeiro.

A família de Nenê mora em Jundiaí, no estado de São Paulo. Aos jornalistas, o meia ressaltou que está feliz no #Vasco, mas confessou sentir falta de uma melhor proximidade com seus parentes.

"Tenho contrato, mas não sabemos o dia de amanhã. Não posso afirmar se aceitaria ou não sair. Voltei para o Brasil para ficar perto dos meus filhos, mas não estou conseguindo como eu gostaria", admitiu.

Publicidade
Publicidade

Sobre a sua situação no Vasco, Nenê disse que tentou resolver alguma coisa com Eurico Miranda, presidente do clube, mas desde o fim da temporada que ele não vem falando com o dirigente. Para o meia, a prioridade é o Vasco da Gama, mas a vida pessoal o pode fazer mudar de ideia em relação a uma mudança de clube.

Nenê tem contrato válido com o Vasco até o fim de 2018. O jogador chegou a ser especulado no São Paulo, mas não há nada confirmado.

No Vasco

Nenê chegou ao Vasco em agosto de 2015, após passagem pelo Al-Gharafa (Qatar). Antes, o jogador já havia atuado em clubes da França e Espanha.

O meia chegou ao Vasco com a missão de tirar o time da zona de rebaixamento no Campeonato Brasileiro. Fez gols importantes, mas não evitou a queda do cruz-maltino para a Série B. O jogador recebeu propostas de outros clubes, mas decidiu renovar com o time carioca até o fim de 2018.

Publicidade

Na temporada de 2016, Nenê ajudou o Vasco a conquistar o Campeonato Carioca. Um dos lances de destaque foi um belo gol por cobertura na vitória contra o Bonsucesso.

Já na Série B, Nenê fez um hat-trick na vitória contra o Sampaio Corrêa por 4 a 0. O rendimento do Vasco caiu durante a competição, o que fez o time ficar distante da briga pelo título. Ainda assim, a equipe de São Januário conseguiu o acesso, terminando a disputa com a terceira posição.

Com a camisa do Vasco, Nenê jogou 78 vezes e marcou 30 gols. #Futebol #Esportes