Após a derrota para o Fluminense, na estreia do Campeonato Carioca, o Vasco da Gama tenta superar os 3 x 0 sofrido pela equipe e inicia uma semana agitada nos bastidores do clube.

O departamento de #Futebol, que vem sendo bastante criticado nos últimos dias, por não conseguir fazer contratações de peso, vai ser bastante exigido durante essa semana, já que o mesmo está em diversas frentes de negociações. O principal nome para reforçar a equipe é o do atacante Luís Fabiano, que já esta apalavrado com o clube, e segundo informações apuradas pela equipe do Globo Esporte, o mesmo só está esperando o desfecho de processos burocráticos para acertar definitivamente com o clube carioca, que está disposto a lhe pagar um salario de R$ 300 mil ao mês, mais bonificações por metas atingidas.

Publicidade
Publicidade

Outra negociação que está em estágio avançado e que já é dada como certa, é a do lateral direito Gilberto, que pertence à Fiorentina e será emprestado ao clube carioca até o final da temporada. A expectativa da diretoria é anunciar o jogador até quarta-feira, dia 1º de fevereiro.

Patrocínio e nova fornecedora de materiais esportivos

Nesta semana, o presidente Eurico Miranda vai até Brasília para negociar a renovação de patrocínio com a Caixa Econômica Federal. Na semana passada, o presidente recebeu uma proposta do banco, que não agradou o dirigente pelo baixo valor proposto. Segundo informações, a Caixa Econômica ofereceu um montante abaixo do esperado, já que no ano de 2015, antes da queda para a série B do Brasileiro, o clube recebia R$ 15 milhões, e passou a receber R$ 7,5 milhões mais bonificações pelo acesso.

Publicidade

A nova proposta de R$ 12 milhões, que também foi feita ao Fluminense e Santos, não condiz com a expectativa do clube, que acha que pode receber algo entre R$ 16 a R$ 20 milhões por temporada.

Já na diretoria de marketing o que mais tem se discutido é a proposta da Nike e da Adidas, para substituir a Umbro, na camisa do Gigante da Colina, e uma delas se tornar a nova fornecedora de materiais esportivos do clube. Segundo especulações, a Nike estaria disposta a pagar a multa rescisória da equipe carioca com a Umbro e desembolsar R$ 80 milhões (entre dinheiro, material, royalties e premiações). #Vasco #Mercado da bola